Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Carta da Amélia

Enviado por Gilberto Godoy
carta-da-amelia

"São 6 horas da manhã.
O despertador canta de galo e eu não tenho forças nem para atirá-lo contra a parede.
Estou tão acabada, não queria ter que trabalhar hoje.
Quero ficar em casa, cozinhando, ouvindo música, cantarolando, até!
Se tivesse filhos, gastaria a manhã brincando com eles.
Se tivesse cachorro, passeando pelas redondezas.
Aquário?... Olhando os peixinhos nadarem.
Espaço?... Fazendo alongamento.
Leite condensado?... Brigadeiro.
Tudo menos sair da cama, engatar uma primeira e colocar o cérebro para funcionar.
Gostaria de saber quem foi a mentecapta, a matriz das feministas que teve a infeliz ideia de reivindicar direitos da mulher e por que ela fez isso conosco, que nascemos depois dela.
Estava tudo tão bom no tempo das nossas avós, elas passavam o dia a bordar, a trocar receitas com as amigas, ensinando-se mutuamente segredos de molhos e temperos, de remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas dos maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, colhendo legumes das hortas, educando crianças, freqüentando saraus, a vida era um grande curso de artesanato, medicina alternativa e culinária...
Aí vem uma fulaninha qualquer que não gostava de sutiã, tampouco de espartilho, e contaminam várias outras rebeldes inconseqüentes com idéias mirabolantes sobre "vamos conquistar o nosso espaço".
QUE ESPAÇO, MINHA FILHA!!??
Você já tinha a casa inteira, o bairro todo, o mundo aos seus pés.
Detinha o domínio completo sobre os homens, eles dependiam de você para comer, vestir, e se exibir para os amigos, que raio de direitos requerer?
Agora eles estão aí todos confusos, não sabem mais que papéis desempenhar na sociedade, fugindo de nós como o diabo da cruz!
Essa brincadeira de vocês acabou é nos enchendo de deveres, isso sim!
E, PIOR, NOS LARGANDO NO CALABOUÇO DA SOLTEIRICE AGUDA.
Antigamente, os casamentos duravam para sempre. Por que, me digam por que, um sexo que tinha tudo do bom e do melhor, que só precisava ser frágil, foi se meter a competir com o macharedo?
Olha o tamanho do bíceps deles, e olha o tamanho do nosso...
Tava na cara que isso não ia dar certo.
Não agüento mais ser obrigada ao ritual diário de fazer escova, maquiar, passar hidratante, escolher que roupa vestir, que sapatos, acessórios, que perfume combina com meu humor, nem de ter que sair correndo, ficar engarrafada, correr risco de ser assaltada, de morrer atropelada, passar o dia ereta na frente do computador, com o telefone no ouvido, resolvendo problemas.
Somos fiscalizadas e cobradas por nós mesmas a estar sempre em forma, sem estrias, depiladas, sorridentes, cheirosas, unhas feitas, sem falar no currículo impecável, recheado de mestrados, doutorados, e especialidades.
Viramos "supermulheres", mas continuamos a ganhar menos do que eles... Não era muito melhor ter ficado fazendo tricô na cadeira de balanço?
CHEGA!
Eu quero alguém que abra a porta para eu passar, puxe a cadeira para eu sentar, me mande flores com cartões cheios de poesia, faça serenatas na minha janela...
Ai, meu Deus, são 7h30, tenho que levantar!
E tem mais... Que chegue do trabalho, sente no sofá, coloque os pés pra cima e diga "meu bem, me traz uma dose de whisky, por favor?", pois eu descobri que é muito melhor servir.
Ou pensam que eu estou ironizando?
Estou falando sério!
Estou abdicando do meu posto de mulher moderna...
Troco pelo de Amélia.
Alguém mais se habilita?
Antes eu sonhava, agora nem durmo mais."

Autora desconhecida

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    O fato de alguém querer muito a nossa atenção não nos obriga a aceitar sua aproximação. Ao insistir em seu objetivo, mesmo que nos ame, ela estará sendo prepotente e egoísta. Um senhor me acusou de desrespeitoso e mal-educado. Motivo? Não quis falar com ele ao telefone.   (continua)


  •    Definição mais simples e exata sobre o sentido de mantermos uma relação? “Uma relação tem que servir para tornar a vida dos dois mais fácil”.
    O assunto é bom, e merece ser desenvolvido. Algumas pessoas mantém relações para se sentirem integradas na sociedade, para provarem a si mesmas que são capazes de ser amadas, para evitar a solidão, por dinheiro ou por preguiça. Todos fadados à frustração.Uma armadilha.  (continua)


  •    A posição na hora de dormir diz algo sobre a qualidade do seu relacionamento? Segundo uma pesquisa realizada no Reino Unido, sim. O resultado vem de uma série de pesquisas realizadas com mil pessoas durante o Festival Internacional de Ciência de Edimburgo, dirigidas pelo psicólogo Richard Wiseman, professor da Universidade de Hertfordshire.   (continua)


  •    Segundo um grupo de pesquisadores, sim e os números podem predizer o tempo que uma relação vai durar. Estes matemáticos dizem ter chegado também a fórmula do amor eterno. O cálculo tem a ver com a compatibilidade e com as expectativas de um futuro juntos, além de ter em conta alguns dados do passado.   (continua)


  •      A história de Jack Potter e sua esposa, Phyllis, é comovente. Casado há 70 anos com ela, Jack luta para o amor entre os dois não se acabar. Sabendo que Phyllis sofre de demência e falta de memória, o homem a visita todos os dias na casa de repouso na cidade de Rochester, Inglaterra, e lê para ela o diário que guarda desde o dia em que se conheceram.   (continua)


  •    O memorável Carlos Drummond de Andrade, um de nossos poetas mais conhecidos, certa vez escreveu que "existem muitas razões para não se amar uma pessoa, mas apenas uma para amá-la". No sentindo mais poético e eloquente da questão, é muito provável que a afirmação dele esteja correta! Entretanto, estamos longe de saber amar somente com...   (continua)


  •    Ruth de Aquino, ÉPOCA
     Pode parecer incrível para muitos de nós, que vivemos em harmonia negociada com o outro sexo. Mas, no século XXI, ainda existe ódio sexista, latente ou escancarado. O que aconteceu na semana passada com a publicitária paulistana Renata Gervatauskas, de 35 anos, é um triste exemplo disso. Renata escreveu um post para...   (continua)


  •    O que dá sentido a vida? O que nos mantém felizes e saudáveis à medida que a nossa vida decorre? Se pensam que é a fama e o dinheiro, não estão sozinhos — mas, segundo o psiquiatra Robert Waldinger, estão enganados. Enquanto diretor do estudo de 75 anos sobre o...   (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília