Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

A maldição do pônei

Enviado por Gilberto Godoy


     Os publicitários, desde 1913, com as premissas associativas de John Broadus Watson, conseguem influenciar e modificar o comportamento humano na direção do consumo. Bom e atual exemplo a campanha publicitária da Nissan / 2011.

     A campanha é uma sátira em relação à potência dos motores das picapes concorrentes, comparadas aos pôneis. Então, no final do vídeo aparece a maldição: “É o seguinte, se você não passar esse vídeo agora para 10 pessoas, você vai sofrer a maldição do pônei: você vai ficar o resto da vida com essa música na cabeça”.

     A campanha da Nissan virou sucesso na internet, ficando no topo dos trending topics do Twitter por dois dias inteiros e mais de 5 milhões de visualizações no You Tube. O termo ‘pôneis malditos’ alcançou rapidamente as primeiras posições em buscas na internet.

     Após a polêmica propaganda "Pôneis Malditos", que chegou a receber mais de 30 reclamações no Conar, a Nissan do Brasil terminou o mês de agosto com recorde de vendas para sua picape Frontier, desde que o modelo foi lançado no país, em 2002. A montadora japonesa vendeu 5.375 unidades em agosto, 81% a mais que o mesmo período de 2010. Já a Frontier registrou 1.488 picapes vendidas, ou 110% a mais que em agosto de 2010, segundo dados divulgados pela empresa.
 
     As vendas da Nissan aumentaram expressivamente em outros modelos, além da Frontier. O Sentra viu suas vendas subirem 127%, com 1.161 unidades; enquanto o Tiida acumulou alta de 120%, a 1.470 unidades. Já o Livina teve alta de 15% nas vendas, com 1.245 carros vendidos.
 
     Com os resultados, a Nissan aumentou sua participação de mercado para 1,8% em agosto. As metas para a empresa, no entanto, são adquirir 3% de participação em 2012.

     E a música não sai da cabeça mesmo, basta ouví-la duas vezes. Não tente!

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

Copyright 2011-2019
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília