Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Carta ao Tom 74 - Vinícius e Toquinho

Enviado por Gilberto Godoy

"Rua nascimento silva, cento e sete
Você ensinando pra Eliseth
As canções de "canção do amor demais"

Lembra que tempo feliz ai, que saudade
Ipanema era só felicidade,
Era como se o amor doesse em paz

Nossa famosa garota nem sabia
A que ponto a cidade turvaria
Esse rio de amor que se perdeu

Mesmo a tristeza da gente era mais bela
E além disso se via da janela
Um cantinho do céu e o redentor

É, meu amigo, só resta uma certeza
É preciso acabar com essa tristeza
É preciso inventar de novo a amor."

Comentários

  • por: Carolina Cascão em quinta-feira, 19 de julho de 2012
    Amo essa música! Poesia pura.
  • por: Gilberto Godoy em quinta-feira, 19 de julho de 2012
    Concordo Carol. Esses caras tinham poesia pura em cada minuto da vida. O Rio daquele tempo também ajudava viu! O clima "cult e musical" exalava no ar... Tom e Chico escreveram em 77 uam resposta para 'Carta ao Tom 74', de Vinícius e Toquinho. A melodia permanece a mesma. A referência à violência já emergente na cidade também, como se vê logo no primeiro verso quando Tom corre de um moleque de rua em direção ao elevador de seu prédio. O concreto ainda protagoniza outro verso na resposta de Tom: 'Minha janela não passa de um quadrado, a gente só vê Sergio Dourado, onde antes se via o Redentor'... Chico gostava de poetisar as janelas em algumas de suas músicas (Januária, por exemplo). Era um lugar de observação, de ver o que acontece da parede pra lá.Roberto Menescal comenta no documentário 'Coisa Mais Linda' que sempre que compunha alguma melodia nova ia logo mostrar pro Tom. "Tom, escuta." E tocava a melodia acompanhada sempre de um "larárá" na voz. Daí Tom nem sempre gostava dos acordes, da sequência dos acordes ou do sei lá o que! São muitas boas histórias deste tempo da MPB.

Também recomendo

  •    A incrível voz de Ana Vieira no sensacional arranjo de Rodrigo Costa Leão Muñoz Miguez (Lisboa, 15 de outubro de 1964), um talentoso músico e compositor português. Tornou-se conhecido nas bandas Sétima Legião e Madredeus.


  •    Interior da Espanha. Numa cidadezinha há uma capela aonde sempre acontecem shows para grupos de 10 pessoas. Você chega lá e, de surpresa, assiste isto aí. Que momento sublime! 'Libertango' (Astor Piazzolla) by Javier Albarés (cello).


  •    Quase 50 anos depois de iniciado o movimento, depois de aviões sob a cabeça e prisões, estamos aqui. São 70 anos de vida e 50 de carreira de Gil; 40 anos de um discaço pra inglês ver de Caetano. Foram-se Torquato, Glauber e Oiticica. Outros muitos sobreviveram ao exílio, ao...   (continua)


  •    Um espatáculo! A dança é uma criação de Lil Buck.


  • "Na minha cidade tem poetas, poetas,
    Que chegam sem tambores nem trombetas, trombetas,
    E sempre aparecem quando menos aguardados, guardados, guardados,
    (continua)


  •    Esta é a música da Annie Lennox que mais gosto, exatamente nesta interpretação. Versão ao vivo com ela ao piano no aniversário de 25 anos da Records. Forte e linda!

    "...I can feel I can feel you baby, why
    It's not supposed to feel this way
    (continua)

  •    "Coração não é tão simples quanto pensa. Nele cabe o que não cabe na dispensa..."


  •    Jorge Drexler (Montevideo, 21 de setembro de 1964) é um cantor e compositor uruguaio, mais conhecido pela sua canção “Al otro lado del río”, a primeira música em espanhol a vencer o Oscar de melhor canção. O álbum Sea foi indicado ao Latin Grammy Awards...   (continua)


  •    Alfonsina Storni nasceu na Suíça, no Cantão Italiano, em 29 de Maio de 1892. Chamaram-na Alfonsina, que quer dizer "disposta a tudo". Em 1896 imigrou com os seus pais para a província de San Juan na Argentina. Aos 12 anos, Alfonsina...   (continua)


  •    Muitas bandas que gostamos tem a origem de seus nomes em hostórias que a gente nem imagina. Confira a seguir algumas delas.
       Beatles: tanta gente perguntava a origem do nome para John Lennon que cada vez ele inventava uma história diferente.   (continua)


  •    O Trio Madeira Brasil reúne três virtuoses em torno de uma proposta artística ousada: fazer uma música ao mesmo tempo calorosa e bem acabada, apresentando repertório tão precioso quanto eclético. Representa o que há de melhor na cultura brasileira.   (continua)


  • "Compositor de destinos, tambor de todos os rítmos
    Tempo tempo tempo tempo...
    Entro num acordo contigo, por seres tão inventivo e pareceres contínuo...
    És um dos deuses mais lindos
    Que sejas ainda mais vivo no som do meu estribilho...
    (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília