Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Confesso - Ana Carolina

Enviado por Gilberto Godoy

"Confesso, acordei achando tudo indiferente
Verdade, acabei sentindo cada dia igual
Quem sabe isso passa, sendo eu tão inconstante
Quem sabe o amor tenha chegado ao final.

Não vou dizer que tudo é banalidade
Ainda há surpresas, mas eu sempre quero mais...
É mesmo exagero ou vaidade
Eu não te dou sossego
Eu não te deixo em paz

Não vou pedir a porta aberta é como olhar pra trás
Não vou mentir, nem tudo oque falei eu sou capaz.
Não vou roubar teu tempo, eu já roubei demais

Eu tranco a porta, pra todas as mentiras
E a verdade também está lá fora
Agora à porta está trancada
A porta fechada, me lembra você a toda hora
A hora me lembra o tempo que se perdeu
Perder é não ter a bússola
É não ter aquilo o que era seu
E o que você quer, orientação.

Eu vou contar pra todo mundo vou pichar sua rua,
Vou bater na sua porta de noite, completamente nua
Quem sabe então assim... você repara em mim.

Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas, no caminho aonde eu vou
Ás vezes ando só trocando passos com a solidão
Momentos que são meus e que não abro mão

Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há e mim e basta,
Outro tempo começou... pra mim agora
Vou deixar a rua me levar, ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar, e eu vou lembrar você

É mais tenho ainda muita coisa pra arrumar,
Promessas que me fiz e ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir

Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há e mim e basta
Outro tempo começou, pra gente agora

Vou deixar a rua me levar, ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar, e eu vou lembrar você

Eu quero te roubar pra mim, eu que não sei pedir nada
Meu caminho é meio perdido, mas que perder que seja o melhor destino.
Agora não vou mais mudar
Minha procura por si só
Já é o que eu queria achar

Quando você chamar meu nome
Eu que também não sei aonde estou
Pra mim que tudo era saudade
Agora seja lá o que for
Eu so quero saber em qual rua minha vida vai encostar na tua"

Comentários

  • por: Frennessey S. Leal em segunda-feira, 19 de novembro de 2012
    Maravilha de música!
  • por: Fabiana Oliveira em terça-feira, 20 de novembro de 2012
    Belíssima letra!

Também recomendo

  •    Música de Lô Borges nas vozes de Bituca e Marina Machado.  Como diz o Luiz Fernando, 'para esquecermos um pouco toda essa banalidade que assalta nosso cotidiano'.


  •    Esse disco é uma produção antológica da MPB. A conjunção de poetas das estrelas mais hiper brilhantes do universo transsubstancializadas em energia do além resultando em música cósmica. Senão vejamos: Milton Nascimento, Mercedez Sosa, Chico Buarque, Clementina de Jesus, Bebel Gilberto, Beto Guedes, Francis Hime...   (continua)


  • "Rua nascimento silva, cento e sete
    Você ensinando pra Eliseth
    As canções de "canção do amor demais"
    (continua)


  • "Não somos mais
    Que uma gota de luz
    Uma estrela que cai
    Uma fagulha tão só
    Na idade do céu..."


  •    Sara Bareilles (Eureka, Califórnia, 7 de dezembro de 1979) é uma cantora, compositora e pianista estadunidense. Sara estudou na UCLA, onde foi membro de uma grupo chamado Awaken. No mês de abril de 2005, assinou contrato com...   (continua)


  •    Zeca Pagodinho, nome artístico de Jessé Gomes da Silva Filho, (Rio de Janeiro, 4 de janeiro de 1959) é um cantor e compositor brasileiro. Gravou mais de 18 discos e é considerado um grande nome do gênero samba e pagode. O artista, que começou sua carreira...   (continua)


  • "Faz tanto tempo, tempo é rua Soledade
    Leia saudade quando escrevo solidão
    Quis o destino tortuoso dos ciganos...
    (continua)


  •      Lara Fabian, nome artístico de Lara Sophie Katy Crokaert (Etterbeek, 9 de janeiro de 1970), é uma cantora ítalo-belga-canadense de língua francesa. Apesar de ter o francês como língua da maioria de suas canções, já gravou em inglês, italiano, espanhol, alemão, português, russo e hebraico.       (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília