Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Livros - Caetano Veloso

Enviado por Gilberto Godoy


 "Tropeçavas nos astros desastrada
Quase não tínhamos livros em casa
E a cidade não tinha livraria
Mas os livros que em nossa vida entraram
São como a radiação de um corpo negro
Apontando pra a expansão do Universo
Porque a frase, o conceito, o enredo, o verso
(E, sem dúvida, sobretudo o verso)
É o que pode lançar mundos no mundo.

Tropeçavas nos astros desastrada
Sem saber que a ventura e a desventura
Dessa estrada que vai do nada ao nada
São livros e o luar contra a cultura.

Os livros são objetos transcendentes
Mas podemos amá-los do amor táctil
Que votamos aos maços de cigarro
Domá-los, cultivá-los em aquários,
Em estantes, gaiolas, em fogueiras
Ou lançá-los pra fora das janelas
(Talvez isso nos livre de lançarmo-nos)
Ou ­ o que é muito pior ­ por odiarmo-los
Podemos simplesmente escrever um:

Encher de vãs palavras muitas páginas
E de mais confusão as prateleiras.
Tropeçavas nos astros desastrada
Mas pra mim foste a estrela entre as estrelas."

*Gravado na Real Gabinete Português de Leitura.

*No vídeo Caetano Veloso lê "Le Rouge et le Noir"(O Vermelho e o Negro) de Stendhal
"Ici, dit-il avec des yeux brillants de joie, les hommes ne sauraient me faire de mal." Il eut l'idée de se livrer au plaisir d'écrire ses pensées, partout ailleurs si dangereux pour lui. Une pierre carrée lui servait de pupitre. Sa plume volait (...) "Pourquoi ne passerais-je pas la nuit ici? se dit-il; j'ai du pain, et je suis libre!" (...)

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    "The Long and Winding Road" é uma música composta por Paul McCartney e creditada a Lennon/McCartney, gravada pela banda britânica The Beatles no álbum Let It Be, de 1970. Nesta gravação em Londres com The Corrs ficou sublime. Uma das músicas mais bem feitas da história.


  •    Esta série de vídeos produzidos por Jeff Coffman e Epple Michael mostra Jason Mraz tocando suas músicas em todo o mundo. Neste, ele toca piano e encontra pessoas em Taipei. Atenção especial para a melodia do piano e para a vista do alto do hotel. Vale ver.


  •      Nossos comportamentos emocionais são controlados por inúmeras variáveis, muitas vezes não discrimindas, e que compõe a nossa história de vida. Não saberia descrever os motivos exatos mas este vídeo do Yann Tiersen me emociona profundamente. Que coisa linda! Um quê de nostalgia, inexorabilidade, sutilezas do tempo, conquistas, perdas... "Tudo ido e lido e lindo e vindo do vivido, idade de pedra e paz."


  • "Quando o segundo sol chegar
    Para realinhar as órbitas dos planetas
    Derrubando com assombro exemplar
    O que os astrônomos diriam
    Se tratar de um outro cometa...
    (continua)


  •    Uma interpretação sensacional de David Bowie & Annie Lennox num concerto em homenagem a Fred Mercury.


  •      Ao Vivo no Cine Í­ris

    "...Moça, Olha só, o que eu te escrevi
    É preciso força pra sonhar e perceber
    Que a estrada vai além do que se vê..."


  •  Uma das mais lindas músicas da Legião Urbana. 

    "É saudade, então 
    E mais uma vez 
    De você fiz o desenho mais perfeito que se fez 
    Os traços copiei do que não aconteceu...
    (continua)


  •       SAGA
    "Andei depressa para não rever meus passos
    Por uma noite tão fugaz que eu nem senti
    Tão lancinante, que ao olhar pra trás agora
    Só me restam devaneios do que um dia eu vivi..."
    ​(continua)


  •    Um show! Começou como uma brincadeira, que pretendia chamar a atenção de Dave Grohl e seus comparsas, para que estes atuassem em Cesena, cidade do norte de Itália. Objetivo cumprido, seguiram-se mais versões de temas rock e, agora...   (continua)


  •    Sarah Blackwood e um grupo chamado Walk Off the Earth, tocam apenas um violão. A virtuosidade reside exatamente na capacidade do grupo partilhar o mesmo intrumento tocando uma versão de "Somebody That I Used To Know" de Gotye e Kimbr. Belo!

     


  •    Um hino. Simplicidade e serenidade como a vida merece. Uma equação perfeita: música e poesia, num sussurro de ternura. Sublime!


  • "Uma casinha qualquer no colo da serra,
    Um palmo de terra pra se plantar.
    Um colo de uma mulher, uma companheira,
    Uma brasileira pra se amar.
    Se eu tiver que lutar, vou é lutar por ela.
    Se eu tiver que morrer, vou é morrer por ela...."
    (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília