Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Somos o que comemos

Enviado por Gilberto Godoy
somos-o-que-comemos

    A partir de agora, a frase "somos aquilo que comemos" adquire uma dimensão absolutamente nova, porque se antes a gente via um tipo obeso comendo um cachorro quente inteiro com apenas uma "bocada" e pensávamos algo pelo estilo, hoje poderíamos dizer que esse homem incorporou informação genética da salsicha em seu organismo. Ou ao menos dos vegetais que poderia ter posto no meio.

    Um estudo da Universidade Nankín descobriu que algumas fibras do ácido ribonucleico (ARN) das verduras conseguem chegar a nossa corrente sanguínea depois que as ingerimos, regulando a expressão dos genes uma vez dentro de nós.

    O micro ARN (ou miARN) são pequenos filamentos do ARN que se acoplam de maneira seletiva para coincidir com sequências do ARN mensageiro, tendo como resultado a repressão daqueles genes. Chen-Yu Zhang e sua equipe acharam sequências de miARN de plantas no tecido de animais que comeram ditas plantas. Em particular, o MIR168a -que é produzido pelo arroz e que é abundante no sangue dos chineses estudados- demonstrou em experimentos que tem a capacidade de alterar a expressão genética em ratos, impedindo a aptidão do fígado de filtrar a lipoproteína LDL, conhecida popularmente como colesterol ruim.

     Em conclusão, esta descoberta revela um mecanismo de interação fisiológica completamente novo, o qual poderia ter aplicações médicas significativas, tanto terapêuticas como para explicar processos pouco entendidos, como a herbologia chinesa.
 
     Seja como for, seu DNA não mente. Pense duas vezes o que irá comer daqui para frente...

     Via http://www.popsci.com/science/article/2011-09/we-incorporate-genetic-information-food-we-eat-says-new-study

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    O movimento popular internacionalmente conhecido como 'Outubro Rosa' é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.   (continua)


  •    Neste vídeo de divulgação de AsapSCIENCE, Mitchell Moffit e Gregory Brown compilam alguns dados mais ou menos conhecidos e avalizados pela ciência relacionados com as dietas para perder peso: a endocrinologia do apetite, o papel das proteínas, o apetite e a sensação de...   (continua)


  •    Da Health News
      O pescado, a carne, o leite e os ovos são as principais fontes de vitamina B12, também conhecida como cobalamina. A falta desta substância na dieta pode fazer com que o cérebro perca células cerebrais e desenvolva problemas de raciocínio, segundo um estudo publicado na...   (continua)


  •    O garoto Jonathan nasceu surdo e agora aos oito meses de idade foi submetido a uma cirurgia de implante coclear para que pudesse ouvir. Segundos antes de colocar o implante em funcionamento, o bebê descansa quietinho nos braços da mãe. Então o implante é ativado e...   (continua)


  •    A solidão é perigosa de verdade, mais do que as pessoas normalmente imaginam. Descubra porque a solidão nos afeta tanto assim e o que ela pode fazer com a nossa saúde e comportamento.


  •    Durante os meses de inverno, a incidência de gripe e resfriado aumenta de 5 a 7%, segundo o Departamento de Influenza e Virologia Clínica da Sociedade Brasileira de Infectologia. O crescimento se deve, principalmente, ao fato de que as pessoas...   (continua)


  •    Um estudo demonsta que sedentarismo tem causado tantas mortes quanto o tabagismo. A pesquisa, publicada na revista médica Lancet, estima que um terço dos adultos não tem praticado atividades físicas suficientes, o que tem causado 5,3 milhões de mortes por ano em todo o mundo.   (continua)


  •    Não é novidade que o Google está investindo há algum tempo nas chamadas “tecnologias vestíveis”. Mas agora a gigante do Vale do Silício fechou uma parceria com a empresa Novartis para o desenvolvimento de um tipo de lentes de contato inteligentes que vão...   (continua)


Copyright 2011-2017
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: iDev Web