Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

A importância do acaso - Affonso Romano Sant'anna

Enviado por Gilberto Godoy
a-importancia-do-acaso---affonso-romano-sant-anna

     Dorival Caymmi é que cantava: "Mas como o acaso é importante, querida, de nossas vidas a vida fez um brinquedo também"... Esses versos vieram-me à cabeça, por acaso, porque estava lendo um livro que comprei, não por acaso. É que o autor falava de uma série de descobertas feitas na ciência, muitas por acaso. Mas fica claro que só puderam se transformar em descobertas científicas porque o acaso estava sendo observado por pessoas que têm pelo acaso um respeito nada ocasional.

     Aquela maçã que, dizem, caiu na cabeça do Newton por acaso, fazendo com que ele deduzisse coisas sobre a lei da gravidade, pode ter caído por acaso, concordo, mas não foi por acaso que ele tirou disso grandes ilações. Não é de hoje que maçãs e até gigantescas jacas desabam sobre cabeças e nem por isso a ciência progride. Igualmente aquela estória de Arquimedes mergulhado na banheira e, de repente, descobrindo, por acaso, que o fato de seu corpo boiar explicava muita coisa que interessa à ciência dos fluidos, da navegação e da irrigação. Só as pessoas atentas podem perceber o acaso.

     Só as pessoas que procuram o sentido das. Coisas podem converter o acaso em informação. Leio que dois rádioastrônomos, Wilson e Penzias, em Nova Jersey, estavam tentando usar uma antena poderosa quando, estranhamente, começaram a perceber que havia um ruído, um zumbido inexplicável zanzando por ali.Pensaram que era alguma sujeira no material ou má conexão de tomadas. Não era. Estavam, por acaso, ouvindo sons que ajudavam a medir o limite do universo. E nem sabiam que era isso que estavam ouvindo. Só se deram conta da importância da descoberta involuntária que fizeram quando conversaram com outros cientistas e acabaram vendo a repercussão disso no New York Times. Resultado: ganharam o Nobel de Física de 1978.

     Não é por acaso que cientistas e artistas se interessam tanto pelo acaso.É que não basta ficar ali, racional e objetivamente, querendo tirar leite da pedra e minhoca do asfalto. Agente tem que deixar a atenção repousar, ficar provisoriamente irresponsável. Deixar o acaso trabalhar. O radar está ligado e, de repente, pimba! Oba! Eureka! Surge á solução de um problema, de um poema, de uma obra. É o famoso estalo, insight ou epifania que, dizem, ocorreu com o lendário Padre Vieira. Acho que os pescadores entendem bem do que estou falando. Eles não sabem muito bem o que está ocorrendo sob as águas, mas jogam o anzol com a isca e ficam ali distraídos, quer dizer, numa atenta distração.

     Aliás, também Clarice Lispector, por acaso me lembro, usou essa metáfora do pescador para falar do processo criativo. Agente tem que fingir que está "distraído". Distraído, mas, como diz uma amiga, "com a atenção de bode na canoa". Temos que ter certa reverência pelo acaso. Até no amor. Agente topa, por acaso, com as pessoas mais diversas nas esquinas, coquetéis, festas,blogs,internet e de repente uma capta nossa atenção, nos' fisga, nos arrebata. Por acaso? Tem gente que por urgente acaso acredita no horóscopo, cartomante, etc. É que as pessoas procuram essas assessorias quando estão ao léu da sorte, mais fragilizadas. E quando se está mais fragilizado, o acaso e a possibilidade viram certeza.

     Mas aí já é um perigo, porque sair procurando sinais reveladores em tudo o que se vê pode confundir a recepção da mensagem por vir. O bom é encontrar fora aquilo que se procura dentro da gente. Ou, como diziam nossos pais: quem procura, acha. Às vezes, claro.

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Quando uma pessoa começa a melhorar de vida, pensa logo em comprar uma boa casa. E o que é uma boa casa? É preciso um jardim e uma piscina, imaginam os pais. Eles querem para as crianças uma infância saudável, com confortos que nunca tiveram, mas não pensam no principal: um quintal. Um quintal não precisa ser grande, e o chão deve ser de...   (continua)


  •      Lembrei de uma história que meu pai contava.
       "Um rei tinha uma filha tão inteligente que decifrava imediatamente todos os problemas que lhe davam. Ficou com essa habilidade, muito orgulhosa, e disse que se casaria com o homem que lhe desse uma adivinhação que ela não descobrisse a explicação dentro de três dias. Vieram rapazes de toda parte e nenhum...   (continua)


  • "A vida é como jogar uma bola na parede:
    Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul;
    Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde;
    Se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca;
    Se a bola for jogada com força, ela voltará com força...
    (continua)


  •      Ao viajar pelo Oriente mantive contatos com monges do Tibete, da Mongólia, do Japão e da China. Eram homens serenos, comedidos, recolhidos e em paz nos seus mantos cor de açafrão. Outro dia, eu observava o movimento do aeroporto de São Paulo: a sala de espera cheia de executivos com telefones celulares, preocupados, ansiosos, geralmente comendo mais do que deviam.   (continua)


  •    Não me interessa o que você faz para ganhar a vida. Quero saber o que você deseja ardentemente, se ousa sonhar em atender aquilo pelo qual seu coração anseia. Não me interessa saber a sua idade. Quero saber se você se arriscará a parecer um tolo por amor, por sonhos, pela aventura de estar vivo. Não me interessa saber que planetas estão em quadratura com a sua lua...   (continua)


  •    Que o ser humano não é completamente racional não é novidade para ninguém. Mas o surpreendente é que cometemos equívocos de pensamento mesmo quando acreditamos que estamos usando a lógica. Essas escorregadas são a matéria-prima do livro A Arte de Pensar Claramente, escrito por Rolf Dobelli...   (continua)


  •      Praticar a generosidade, a disciplina ética, a paciência, a sabedoria, o esforço entusiástico e a concentração levam a um estado de bem-estar e felicidade plenos. Saiba como trazê-las para seu dia a dia e ter mais qualidade de vida. Imagine como seria se cada um de nós, ao nascer, recebesse um roteiro para encontrar a tão sonhada felicidade...   (continua)


  •    ​Pensadores, artistas, intelectuais vivem perplexos diante das mudanças nas contingências sociais vigentes. Este texto do Jabor expõe muito bem esta angústia de alguns de nós. Vale a pena ser lido. 'Um amigo meu, cultíssimo, tem um filho muito “conectado” na internet. E o menino disse a ele: “Pai, você sabe tudo que já aconteceu, mas não sabe nada que está acontecendo...   (continua)


Copyright 2011-2021
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília