Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 
Filtro:
Abril [x]
2013 [x]
  •      Shakespeare disse pela boca de Jacques em sua peça Como Gostais que “O mundo inteiro é um palco e todos nós somos atores”. Essa sentença é bem mais longa e encerra uma série de discussões. Quero me deter em apenas em um de seus aspectos, que é o de apontar um caráter teatral que alguns indivíduos carregam e demonstram mais que outros, mesmo sem nunca terem atuado, ou sequer terem pensado em atuar.    (continua)

  •      As tropas britânicas no Afeganistão estão usando helicópteros espiões, com apenas 10 cm de comprimento e um peso de 16 gramas para rastrear posições talibãs no Afeganistão. O Ministério da Defesa britânico planeja comprar mais 160 desses brinquedinhos a um custo de mais de 62 milhões de reais. O drone PD-100 PRS, que recebeu o codinome Black Hornet, foi desenvolvido pela empresa norueguesa Prox Dynamics.

  •      Com a intenção de disponibilizar para o Brasil parte de seu acervo didático, a Universidade São Paulo (USP) criou o Portal e-Aulas USP. São cerca de 800 videoaulas divididas em três categorias específicas: Exatas, Humanas e Biológicas.  Internautas podem acessar a vontade e assistir a aulas isoladas ou a matérias inteiras. Tudo 'catraca livre' e sem inscrições. O único porém é que o site não emite certificados oficiais aos usuários.   (continua)

  •      Cassiano Elek Machado da Folha de S.Paulo, em 9 de abril de 2013.

         Entre os Mario Vargas Llosa que vivem em Mario Vargas Llosa há os mundialmente conhecidos, como o intelectual e escritor que, três dezembros atrás, deu um vigoroso aperto de mão no rei da Suécia e recebeu dele a medalha de Nobel de Literatura.E há os quase obscuros, como o Vargas Llosa que, de tempos em tempos, é ator teatral. Nos últimos anos, andou encarnando, por exemplo, o rei persa Shariar, de "As Mil e Uma Noites", em palcos de México e Espanha.   (continua)

  •      Apesar da resistência de uma classe média urbana acostumada às vantagens da era serviçal, a chaga da exploração do trabalho das domésticas finalmente está sendo reduzida no Brasil. Quando a classe trabalhadora inglesa, a partir do século XVIII, começou a lutar pelos diretos do trabalho, como redução da jornada (que atingia 18 horas por dia), salários dignos, intervalos para refeições, descanso semanal, férias, licença maternidade, etc.   (continua)

  •      Governos vêm usando uma mistura de neurociência, psicologia e marketing para influenciar o cidadão sem que ele perceba, em áreas como saúde e transporte. Daí nascem políticas eficientes – e protestos de todos os lados.   (continua)

Copyright 2011-2019
Todos os direitos reservados

Até o momento,  17267450 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília