Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

A 2a Guerra Mundial e alguns dados incríveis

Enviado por Gilberto Godoy

   Em junho deste ano, Open Culture publicou o filme de 15 minutos "The Fallen of World War II" de Neil Halloran, que utiliza inovadoras técnicas de visualização de dados para pôr em perspectiva o custo humano da Segunda Guerra Mundial mostrando como, entre 1939 e 1945, se perderam 70 milhões de vidas dentro das populações de civis e militares em toda Europa e Ásia. 

   Por meio de um tipo de infográficos dinâmicos, este vídeo expõe de maneira muito atraente o escalonamento da guerra mais mortífera. À medida que este filme se tornou viral, Halloran arrecadou dinheiro que lhe permitiu desenvolver novos filmes e explorar outras tendências da guerra e da paz. Meu caro amigo Theófilo Will Silva vai gostar deste post.

     Fonte:  Open Culture

Comentários

  • por: Theófilo Silva em terça-feira, 20 de outubro de 2015

    Muito bom! Gostei! Mas faço algumas correções. A União Soviética teve entre 24 e 27 miljões de mortos, e não entre dez e vinte milhões como ele afirma. A China teve em torno de 15 milhões de mortos. Portanto, China e Rússia tiveram mais de 60% dos mortos na Segunda Guerra. A Grã-bretanha teve 450 mil mortos e não seiscentos mil como ele afirma mais a frente. Ninguém nunca chegara a um consenso sobre o número de mortos na Segunda Guerra Mundial, extamente por conta dos mortos na URSS e na guerra do pacífico, por conta da dispersão e desprezo pela vida humana. Não havia sequer estatística sobre a população de muitos desse lugares. Sem dúvida, a Segunda Guerra Mundial é o conflito mais mortífero da história da humanidade. Foi produto da mente de um único homem, Adolf Hitler e desejo de um país, a Alemanha!

Também recomendo

  •    A Revolução Russa de 1917 foi uma série de eventos políticos na Rússia, que, após a eliminação da autocracia russa, e depois do Governo Provisório (Duma), resultou no estabelecimento do poder soviético sob o controle do partido bolchevique. O resultado desse processo foi a criação da União Soviética, que durou até 1991.   (continua)


  •    Em 18 de julho de 1965, o oficial estadunidense Jeremiah Andrew Denton Jr. participava de uma missão de bombardeio no Vietnam quando seu avião foi derrubado. Ele e seu copiloto, Bill Tschudy, foram capturados. Levados a um campo de prisioneiros de guerra nos arredores de Hanói, passaram a...   (continua)


  •    O Jornal Nacional do dia 11 de setembro de 2001 mostra bem a importância do fato histórico. Veja o vídeo. (continua)


  •    A Belle Époque' (bela época em francês) foi um período de cultura cosmopolita na história da Europa que começou no final do século XIX (1871) e durou até a eclosão da Primeira Guerra Mundial em 1914. A expressão também designa o clima intelectual e artístico do período em questão.   (continua)


  •    Este vídeo com uma intenção épica tenta mostrar toda a história da civilização humana, desde o ano 5000 a.C. na Suméria até o ano 2014. Uma procissão geopolítica de "todos os impérios, nações, reinos, armadas e repúblicas" se descortina em 13 minutos.   (continua)


  •    Setenta e três anos do Desembarque na Normandia, também conhecido como o Dia D. Na terça-feira, 6 de junho de 1944, foi o pontapé da Operação Overlord (ou Netuno), o início da invasão aliada contra a ocupação alemã. Operação essa que mudou o curso da Segunda Guerra Mundial contra os nazistas e que marcou definitivamente o começo do fim do conflito.   (continua)


  •    O Archivum Secretum Apostolicum Vaticanum foi criado pelo papa Paulo V em 1612 para resguardar os documentos pessoais dos papas. Muitos destes documentos têm valor histórico já que são evidência direta do envolvimento da Igreja em questões políticas em todo mundo, desde a correspondência com líderes mundiais e os...   (continua)


  •      Por Vaas da Obvious Mag
       O cristianismo adotou a cruz como seu símbolo máximo e, desse modo, percorreu a história, influenciando as culturas por meio de sua imagem icônica e de sua mensagem redentora. A cruz, por meio da religião, se tornou num dos mais recorrentes, poderosos e importantes temas da história da arte.   (continua)


  •    O usuário derDon1234 do YouTube fez um desses trabalhos épicos que por verdade deveria ser assistido por todos. Um inestimável vídeo compilatório de cunho histórico, com os acontecimentos mais importantes da história do mundo nos últimos cem anos (1911 a 2011) em dez minutos, com ênfase especial para os conflitos bélicos. Imperdível !


  •    "Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo ainda há-de zombar de nós essa tua loucura? A que extremos se há-de precipitar a tua audácia sem freio? Nem a guarda do Palatino, nem a ronda nocturna da cidade, nem os temores do povo, nem a afluência de todos os homens de bem...   (continua)


  •      O debate sobre o golpe de 1964 está vivo porque muitas das questões daquele ano perduram 50 anos depois. Debatê-las contribui para exorcizar os fantasmas. A ditadura acabou há 35 anos. Seu legado continua presente na economia, na política, na educação, nas grandes obras.
         Em 15 de novembro de 1939, 50 anos após a quartelada que derrubou o Império, a primeira página do então principal jornal do país, O Estado de S.Paulo, não publicou uma única linha a respeito das cinco décadas da República proclamada pelo marechal Deodoro da Fonseca, em 1889. No Rio de Janeiro, a capital da República, a primeira página de O Globo estampou uma foto do ditador Getúlio Vargas num ato alusivo ao cinquentenário, com uma manchete anódina:   (continua)


  •      Malek Jandali conta histórias da Síria através de sua obra. Muito boa a matéria do Jorge Pontual do programa Milênio, da GloboNews.


Copyright 2011-2019
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília