Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Je T'aime - Lara Fabian

Enviado por Gilberto Godoy

     Lara Fabian, nome artístico de Lara Sophie Katy Crokaert (Etterbeek, 9 de janeiro de 1970), é uma cantora ítalo-belga-canadense de língua francesa. Apesar de ter o francês como língua da maioria de suas canções, já gravou em inglês, italiano, espanhol, alemão, português, russo e hebraico.

     Lara Crokaert, seu verdadeiro nome, nasceu no dia 9 de Janeiro de 1970 em Etterbeek (Bruxelas). Seu pai é da Bélgica e sua mãe da Sicília (Itália). Lara passou os cinco primeiros anos de sua vida na Sicília, próximo ao grande vulcão Etna, um local cheio de história. Em 1975, de volta à Bélgica, ela prosseguiu com seus estudos muito sériamente. No dia 6 de Dezembro de 1978, no dia de St-Nicolas, ela recebeu seu primeiro incentivo musical, quando seus pais lhe deram de presente um piano. Para esta jovem artista, um sonho se torna realidade. Um piano...
 
     A partir deste momento, ela começou a compor suas primeiras melodias e, com sua voz mágica, ela já conseguia cantar as músicas que ouvia no rádio.
 
     Nesta mesma época ela começou a ter aulas de canto. Seu pai a ajudava a se apresentar em pequenas salas em Bruxelas e nas redondezas. Ele também a incentivou a participar em concursos de amadores. Em 1986, após ganhar o concurso Le Tremplin de Bruxelles, ela teve a oportunidade de gravar seu primeiro single. A música, chamada L'Aziza est en pleurs (Aziza está em prantos) (com Il y avait no lado B), era dedicada a Daniel Balavoine. 500 cópias do disco foram feitas. O produtor Hubert Terheggen ouviu as duas canções e correu para ver quem era a jovem artista que, na ocasião, estava cantando no piano-bar The Black Bottom, com Marc Lerchs (o compositor das duas faixas).

     Em janeiro de 2011 foi lançado separadamente o show originado do cd TLFM, gravado na Bélgica. O show traz canções do cd TLFM e também do EWIM. Além de um medley dos maiores sucessos da carreira da Lara e fechando com Adagio. O show recebeu o nome de Toutes Les Femmes En Moi Font Leur Show. É o mesmo show lançado juntamente com o Best Of, de 2010.
 
     Também em 2011, porém apenas para a Rússia e Ucrânia foi lançado o show Lara Fabian Ao Vivo Em Kremilin, gravado em 2010, trazendo todas as canções do álbum Mademoiselle Zhivago, além de emocionadas interpretações para Adagio, Broken Vow e Je Suis Malade, aplaudida de pé pelo público presente.

     Post em homenagem à minha irmã Beth que hoje faz aniversário!

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    "The Long and Winding Road" é uma música composta por Paul McCartney e creditada a Lennon/McCartney, gravada pela banda britânica The Beatles no álbum Let It Be, de 1970. Nesta gravação em Londres com The Corrs ficou sublime. Uma das músicas mais bem feitas da história.


  •    Esta série de vídeos produzidos por Jeff Coffman e Epple Michael mostra Jason Mraz tocando suas músicas em todo o mundo. Neste, ele toca piano e encontra pessoas em Taipei. Atenção especial para a melodia do piano e para a vista do alto do hotel. Vale ver.


  •      Nossos comportamentos emocionais são controlados por inúmeras variáveis, muitas vezes não discrimindas, e que compõe a nossa história de vida. Não saberia descrever os motivos exatos mas este vídeo do Yann Tiersen me emociona profundamente. Que coisa linda! Um quê de nostalgia, inexorabilidade, sutilezas do tempo, conquistas, perdas... "Tudo ido e lido e lindo e vindo do vivido, idade de pedra e paz."


  • "Quando o segundo sol chegar
    Para realinhar as órbitas dos planetas
    Derrubando com assombro exemplar
    O que os astrônomos diriam
    Se tratar de um outro cometa...
    (continua)


  •    Uma interpretação sensacional de David Bowie & Annie Lennox num concerto em homenagem a Fred Mercury.


  •      Ao Vivo no Cine Í­ris

    "...Moça, Olha só, o que eu te escrevi
    É preciso força pra sonhar e perceber
    Que a estrada vai além do que se vê..."


  •  Uma das mais lindas músicas da Legião Urbana. 

    "É saudade, então 
    E mais uma vez 
    De você fiz o desenho mais perfeito que se fez 
    Os traços copiei do que não aconteceu...
    (continua)


  •       SAGA
    "Andei depressa para não rever meus passos
    Por uma noite tão fugaz que eu nem senti
    Tão lancinante, que ao olhar pra trás agora
    Só me restam devaneios do que um dia eu vivi..."
    ​(continua)


Copyright 2011-2019
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília