Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

O professor do futuro - Gabriel Perissé

Enviado por Gilberto Godoy
o-professor-do-futuro---gabriel-perisse


     "Para ensinarmos um aluno a inventar precisamos mostrar-lhe que ele já possui a capacidade de descobrir" Gaston Bachelard.

     O professor, como os artistas, provoca o amor pelo conhecimento, um amor que já existia em nós, mas estava adormecido.

     O professor, como os profetas, desencadeia um processo de descoberta pessoal que, por sua vez, ativa nosso poder criador.

     Desencadear é retirar o cadeado.

     O professor liberta seu aluno. E os melhores alunos largam as mãos do mestre, depois de descobrir sua capacidade de andar sozinhos, de correr sozinhos, de voar mais alto.

     Muitos estudantes andam presos, e por isso deixam de andar. Estão paralisados pelo medo, pela falta de horizontes. Estão perplexos, olhando sem ver, ouvindo sem escutar, falando sem dizer, lendo sem entender, escrevendo sem pensar.

     Muitos estudantes estão na cadeia do desânimo, não sabem abrir caminhos com a força dos seus passos.

     Muitos estudantes são vítimas de uma reação em cadeia. Não agem, só reagem. Mal se defendem do mal. Passam de ano sem passar. Passam sem pensar. São passados para trás. Sem saber por quê, e por quem. Passam mas não ficam. Ou passam e continuam presos ao passado.

     O professor do futuro (e do sempre) deve ensinar, no presente, não o método que passa (e até faz passar...), mas a alma que permanece.

     Deve ensinar, não a única resposta certa em meio à múltipla desescolha, mas a capacidade de cometer erros criativos, de ver que um fracasso, didaticamente, vale mil sucessos.

     Ensinar, não a opção correta, a única porteira pela qual a boiada passa, de cabeça baixa, para o matadouro, mas a coragem de pular no escuro (se for preciso), e com os olhos abertos.

     Transmitir, não o conhecimento mastigado, a ração, mas despertar no aluno a vontade de mastigar por conta própria, de usar a razão, de saborear conhecimentos tradicionais e inéditos.

     O professor do futuro ensina, não o caminho das pedras, mas o amor às pedras que existem em todos os caminhos.

     O verdadeiro professor é um inspirador.

     Suas aulas são poéticas, proféticas.

     Não hipnotizam, acordam. Não cansam, desafiam. Não anestesiam, fazem refletir.

     O professor inspira confiança, inspira o desejo de chegarmos a ser deuses.

     O professor do futuro torna o futuro mais real que a banal ilusão... desilusão que alguns chamam de realidade.

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Se a história do Dia das Bruxas tem o sentido de espantar os 'demônios', nada melhor do que esta cena da 'Família Adms' ao som de Ramones para faze-lo. A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditava que...   (continua)


  •    No especial “Do que a gente vai brincar hoje?”, a Revista Crescer mostra brincadeiras para você se divertir ao lado de crianças de 0 a 8 anos, dentro ou fora de casa. Escolha a brincadeira ideal para fazer com seu filho, afilhado, sobrinho... indicada conforme a idade e também o objetivo. Confira em 'ver mais'



  •    O dia que mudou o rumo da história. Vale a pena ver o vídeo.
     


  •    A Independência do Brasil aconteceu em 1822. E não foi uma separação total, como aconteceu em outros países da América que, ao ficarem independentes, tornaram-se repúblicas governadas por pessoas nascidas no país libertado. O Brasil independente continuou...   (continua)


  •    Tenho muito orgulho e satisfação de ser Psicólogo. Entendo como um privilégio ter podido estudar, me dedicar e aprender sobre o comportamento humano e animal. Hoje, a despeito das inúmeras limitações que nós temos pela frente, me sinto capaz de ver a vida com olhos mais realistas e serenos, o que faz um tremendo bem a alma.   (continua)


  •    Ser psicólogo é uma grande responsabilidade! A palavra, o olhar, as expressões, as emoções, as contingências sociais e até mesmo o silêncio... lapidar o melhor que temos para fortalecer, compreender, mudar, aliviar...   (continua)


  •    Há nove anos começamos a postar neste espaço. Foram cerca de 7500 posts e mais de 90 milhões de visitas. Neste tempo tratamos de atualidades, artes, psicologia, humor, família, música, filmes, livros, curiosidades, natureza, política, Brasília, arquitetura, cidades, saúde, ciência, fotografia, boas memórias, viagens, cultura, do amor e da própria vida, e muitas outras coisas...   (continua)


  •      Ao Dia do Amigo!

    “Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
    Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
    Amigo a gente sente!
    (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília