Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Um Reino chamado Tailândia

Enviado por Gilberto Godoy
um-reino-chamado-tailandia

     O Reino da Tailândia é um país asiático, dividido entre a Indochina e a península Malaia. É limitado a norte e a leste pelo Laos, a sul pelo Camboja, pelo golfo da Tailândia e pela Malásia, a oeste pelo mar de Andamão e a oeste e norte por Mianmar. A capital do país é a cidade de Banguecoque.

     A Região conhecida como Tailândia tem sido habitada por humanos desde o período Paleolítico (há cerca de 10.000 anos). Antes da queda do Império Khmer, no século XIII d.C., vários Estados floresceram nesta região, tais como os reinos Tai, Mon, Khmer e Malaio, conforme verificou-se por meio dos vários sítios e artefatos arqueológicos espalhados pelas paisagens do antigo Sião. Antes ainda do século XII, porém, o primeiro Estado tailandês ou siamês é tradicionalmente considerado como sendo o Reino Budista de Sukhothai, fundado em 1238.
 
     Seguindo-se ao declínio e queda do Império Khmer nos séculos XIII e XIV, vários reinos budistas tailandeses de Sukhothai, Lanna e Lan Chang tomaram o poder. Um século mais tarde, o poder dos Sukhothai foi suprimido pelo reino de Ayutthaya, estabelecido em meados do século XIV. Após a queda de Ayutthaya em 1767, os siameses tiveram como nova capital da Tailândia a cidade de Thonburi por um breve período sub o reinado de Taksin, o Grande. A era atual da história tailandesa (Era Rattanakosin) iniciou-se em 1782, após o estabelecimento de Banguecoque como capital do Reino do Sião, sob o reinado de Rama I, da Dinastia Chakri.
 
     O calendário oficial na Tailândia é baseado na versão ocidental da Era Budista, que está 543 anos à frente do calendário gregoriano ocidental. Por exemplo, o ano 2008 d.C. é o ano 2551 na Tailândia.

     TURISMO

     A Tailândia, o antigo reino do Sião, um dos raros países do Oriente que nunca foi ocupado pelas potências coloniais e que, por isso mesmo, preserva muitos aspectos de sua cultura tradicional, está passando por uma fase de grande progresso econômico.

     O turismo é uma importante fonte de divisas na Tailândia. Os serviços turísticos, hotéis, transportes e comunicações funcionam igualmente bem. Nesse ponto podemos dizer que a Tailândia é um país bem moderno, com estradas em boas condições, comércio ativo, cidades bem organizadas (embora às vezes, como acontece com Bangkok, com trânsito caótico...), e um povo educado. Outra grande vantagem é que a Tailândia é também um país bastante seguro, se comparado, por exemplo, com o Brasil.

     Finalmente, a Tailândia é também o paraíso das compras. Os mercados em Bangkok e Chiang Mai são uma tentação mesmo para os menos consumistas. Qualquer viagem de turismo à Tailândia inclui também seus mercados e compras. Percorrê-los é um programão. Você encontra de tudo: antiguidades (verdadeiras ou falsas...),esculturas em bronze e madeira, roupas de seda (a Tailândia é o país da seda), de algodão, túnicas transadas, saias, bijuteria de prata, jóias e até lindos guarda-sóis decorados, verdadeiras tentações.

     Outra coisa que agrada quando você visita a Tailândia é a cordialidade de seu povo. Via de regra os tailandeses são muito simpáticos, geralmente prestativos e atenciosos. Não é sem razão, aliás, que a Tailândia é conhecida como o "país do sorriso".

     Embora em Bangkok, a capital da Tailândia, embora existam supermercados moderníssimos, a dezesseis quilômetros do centro continua a existir um mercado flutuante tradicional, que se tornou atração turística.

     Quem visita a Bangkok se depara com uma arquitetura única, de rara beleza, visível principalmente nos magníficos templos budistas.

     Embora boa parte das atrações turísticas da Tailândia fiquem em Bangkok, a capital, há também muito o que se ver em Chiang Mai, Chiang Rai e outras cidades do norte, onde há também magníficos templos.

     As ilhas de sonho do sul da Tailândia - Ao sul de Bangkok as atrações turísticas são as ilhas paradisíacas como Koh Pukhet, Ko Phiphi, Koh Samui (Koh significa “ilha” em tailandês) e outras da costa ocidental e oriental da Tailândia, que fascinam os estrangeiros. O litoral é tão bonito que se tornou um dos destinos turísticos favoritos dos cruzeiros marítimos. Embora a especulação imobiliária e o turismo de luxo estejam invadindo alguns lugares paradisíacos, ainda há recantos bastante preservados. Mas, não demore, vá logo!

     Norte da Tailândia - Chiang Mai e Chiang Rai - O norte do país reserva ao viajante boas surpresas. A cidade mais interessante e com mais atrações turíisticas no norte da Tailândia é, fora de dúvida, Chiang Mai, um lugar que deve figurar em qualquer roteiro de viagens pela Tailândia. Ainda mais ao norte, próxima à fronteira do Camboja, fica Chiang Rai, uma ótima base para quem quer participar de uma excursão sobre elefante até as aldeias de tribos montanhesas. Um prato cheio para os amantes do turismo de aventura !

     Outras atrações turísticas na Tailândia

     Não longe de Bangkok fica Koh Samed , uma ilha também linda, mas muito mais turística, e freqüentada nos finais de semana por gente de Bangkok.

     Ayuthaya - A cidade, a apenas 87 km de Bangkok, já foi capital da Tailândia e conserva magníficos templos.

     Sukhothai - A cidade foi a primeira capital do Sião, (fundada no começo do século XIII, possui um invejável conjunto de ruínas e antigos santuários.

     O tsunami de dezembro de 2004 e a infra-estrutura turística

     Grandes áreas turísticas da Tailândia foram profundamente atingidas pelo tsunami e começam apenas a se recuperar. Foi um acontecimento excepcional, uma tragédia sem precedentes, um fenômero raríssimo. Os resorts à beira mar, hotéis e chalés de turismo estão se recompondo, a infra-estrutura já foi em sua maior parte reconstruída e os turistas começando a voltar. Quem já esteve por lá sabe: são lugares lindos, agradáveis, com "ilhas de sonho". O resto da Tailândia também tem encantos capazes de seduzir qualquer um e uma infra-estrutura de primeira com preços incomparáveis.


     Fonte: www.manualdoturista.com.br
 

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    A praia de Lopes Mendes é um dos paraísos na terra. Localiza-se no lado oceânico da Ilha Grande, no município de Angra dos Reis, estado do Rio de Janeiro, Brasil. Reconhecida por várias revistas de turismo como uma das praias mais lindas do planeta...   (continua)


  •    "Assim, homem-deserto, entendeu, pela primeira vez, que a vida é portal e passagem e, por isso, já passado… Que do passado a saudade nos aferra e aprisiona e o tempo é seu cárcere. Todos os homens do mundo já foram esse homem.” Trecho de 'Diários de amor perdido XIII' - João José de Melo Franco


  •    O ecoturismo no Chile, em um dos destinos mais interessantes do mundo, o Altiplano do Deserto do Atacama, ao norte do Chile. Aventuras guiadas, excursões pelas marcas Incas históricas, avistamento de pássaros, passeios a cavalo, de biciletas, observação do mais belo céu estrelado do planeta etc. Viva São Pedro do Atacama!


  •    Entre Brasília e Goiânia existe a pequena Pirenópolis (ou só “Piri” para os mais íntimos). Com boa comida, pousadas de charme, compras espertas e um patrimônio arrebatador, não há como não deixar de se encantar com essa pequena joia do interior de Goiás.   (continua)


  •    O conceito desse hotel boutique baseia-se essencialmente em oferecer aos hóspedes um atendimento personalizado em um luxuoso cenário. A distinta arquitetura do Marmara Bodrum alia-se à sofisticação formando um refúgio idílico.   (continua)


  •       Em 2013, a 'associação de hotéis de charme', criada na França em 1954, anunciou seus mais novos membros. São seis e, entre eles, o primeiro hotel no Rio de Janeiro com este selo: o Hotel Santa Teresa. A rede Relais & Châteaux tem uma coleção exclusiva com mais de 480 hotéis de charme e restaurantes em 58 países. No Brasil, apenas a Pousada Estrela D’Água, na Bahia, e ... (continua)


  •    A maior caverna do mundo? Sabemos onde fica: no Vietnã. E não, durante a Guerra do Vietnã por lá ninguém se escondeu na Hang Son Doong, pois foi descoberta em 1991 perto da fronteira do Laos, agora no batizado Phong Nha-Kẻ Bàng National Park.   (continua)


  •      'Explora' é um modo de viajar a lugares remotos na América do Sul, baseado na exploração profunda da região e do luxo do essencial. Antigamente os homens viajavam com o objetivo de descobrir, conquistar, colonizar ou comercializar. As viagens eram na sua maioria, uma forma de atingir outros fins, para alcançar objetivos que estão fora do prazer da própria viagem.   (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília