Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

A piscada de Ayrton Senna

Enviado por Gilberto Godoy
a-piscada-de-ayrton-senna

   O fotógrafo Evandro Teixeira registrou algumas das passagens mais importantes da história política latino-americana do século XX. Na chegada do General Castello Branco ao Forte de Copacabana (1964), na Passeata dos Cem Mil, no Rio de Janeiro (1968) e na queda do regime de Salvador Allende, no Chile (1973), lá estava ele, empunhando sua máquina fotográfica. Na área esportiva, cobriu Olimpíadas e Copas do Mundo e eternizou momentos clássicos, como o encontro do Rei do Futebol, Pelé, com a Rainha da Inglaterra, Elizabeth II, em 1968.

   No dia 26 de março de 1989, data em que foi destacado para a cobertura do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no entanto, perseguia uma imagem que faltava em seu portfólio. Intrigava Teixeira as piscadas que o piloto brasileiro Ayrton Senna dava ao chefe da McLaren Ron Dennis antes das corridas. Motivava-o captar o instante em que o brasileiro afirmava, com os olhos, que estava pronto para correr – e vencer as corridas de Fórmula 1.

   “A maneira com que ele piscava para o Ron Dennis antes das corridas, que significava ‘estou pronto para largar’, me intrigava”, afirma Teixeira, em entrevista ao Brasil Post. “Ficava pensando: ‘por que ele pisca assim?’”.

   Registrar tal imagem não era fácil. Nos idos dos anos 80, a tecnologia das máquinas fotográficas era muito aquém ao da era digital, onde uma sequência de fotos pode, facilmente, captar uma piscada de olhos. Em 1989, registrar a piscada de Senna a Ron Dennis, à distância, era uma tarefa complicada, mesmo para um profissional do quilate de Teixeira.

   “Eu amava o Senna e queria, de qualquer maneira registrar aquilo. Pensava: ‘tenho que pegar este momento’. Naquele dia, eu consegui”, celebra. “Quando eu fiz a foto, senti que tinha conseguido, mas pensei: ‘vamos esperar a revelação para ter certeza que deu certo’”, completa o fotógrafo, que trabalhava no Jornal do Brasil, publicação onde ingressou em 1963 e permaneceu por toda a carreira.

   A certeza do triunfo se deu quando viu a foto revelada. “Na redação do Jornal do Brasil, quando a foto foi revelada, quase morri de alegria, foi uma felicidade tremenda”, lembra o fotógrafo. Mesmo com um portfólio tão relevante, o autor doclique mais famoso de Senna, enche a boca para exaltar a foto: “Fazer aquela foto, foi algo maravilhoso, histórico, para mim”.

   Para Teixeira, o que faz da foto especial, além do fato de ela ter rodado o mundo, ligando, para sempre, o nome do piloto ao do fotógrafo, foi o pioneirismo do registro. “Aquela tomada foi uma das primeiras, senão a primeira, a mostrar um piloto de Fórmula 1 em close, no cockpit, nos boxes, e não na pista”.

   Na data em que se completam 20 anos da morte do eterno ídolo do esporte brasileiro, o fotógrafo celebra o nome do piloto. “Senna foi e é um ícone no Brasil e no mundo. Ele era o número um. Ter meu nome ligado ao seu é uma glória para mim".

     Fonte: Brasilpost Esportes

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Charles Spencer Chaplin (Londres, 16 de abril de 1889 — Corsier-sur-Vevey1 , 25 de dezembro de 1977) foi o gênio mais universal do Cinema. Carlitos seduziu simultaneamente as massas e os intelectuais, fez rir e chorar as plateias de todo o mundo e, na linha do humanismo poético, o solitário tragicômico nos estimulou  ao desejo das coisas que nunca perecem:   (continua)


  •      "A vida pode ser muito mais ampla assim que você descobre um fato simples: tudo a sua volta que você chama de vida foi criado por pessoas que não são mais inteligentes que você, e você pode mudar isto. Você pode construir suas próprias coisas... uma vez que você aprende isto, você nunca mais será o mesmo." Steve Jobs


  •    Escritor, filósofo, professor, semiólogo e crítico literário, Umberto Eco é autor de vários ensaios sobre semiótica, estética medieval, linguística e filosofia, mas foi com a publicação de "O Nome da Rosa", seu primeiro romance, em 1980, que ganhou popularidade mundial, inclusive em Portugal. Traduzido para mais de 30 línguas e vencedor de vários prémios literários, o...   (continua)


  •     As variáveis que controlam as vidas humanas estão muito acima da nossa capacidade de compreensão. Inteligência não é garantia de sucesso de nenhuma espécie. Essa discussão vai longe, mas nosso objetivo aqui é contar um pouco da vida desses gênios cujas habilidades extraordinárias não foram suficientes para garantir a cada um deles um final de vida digno e tranquilo.   (continua)


  •        Edward Hopper (Nyack, 22 de julho de 1882 — 15 de maio de 1967) foi um pintor norte-americano conhecido por suas misteriosas pinturas de representações realistas da solidão na contemporaneidade. Em ambos os cenários urbanos e rurais, as suas representações de reposição fielmente recriadas reflecte a sua visão pessoal da vida moderna americana.   (continua)


  •    Manuel (H)Azaña Díaz nasceu em Alcalá de Henares, Espanha, em 10 de janeiro de 1880 e faleceu em Montauban, 3 de novembro de 1940. Foi um político espanhol, segundo e último presidente efetivo da Segunda República Espanhola. Além de ter sido um dos políticos e oradores mais importantes na política espanhola do século XX, foi um notável jornalista e escritor, que conseguiu o Premio...   (continua)


  •    O pensador foi responsável por cunhar o conceito de “modernidade líquida”, usada para definir as condições da "pós-modernidade"  — que ele considerava um termo ideológico — e discutir as transformações do mundo moderno nos últimos tempos. Ele explorou os efeitos do individualismo e da sociedade de consumo nas relações humanas modernas.   (continua)


  •    "Esta manhã, antes do alvorecer, subi numa colina para admirar o céu povoado... E disse à minha alma:  - Quando abarcarmos esses mundos e o conhecimento e o prazer que encerram, estaremos finalmente fartos e satisfeitos? E minha alma disse:  - Não, uma vez alcançados esses mundos prosseguiremos no caminho..."   (Continua)


Copyright 2011-2021
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília