Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Confesso - Ana Carolina

Enviado por Gilberto Godoy

"Confesso, acordei achando tudo indiferente
Verdade, acabei sentindo cada dia igual
Quem sabe isso passa, sendo eu tão inconstante
Quem sabe o amor tenha chegado ao final.

Não vou dizer que tudo é banalidade
Ainda há surpresas, mas eu sempre quero mais...
É mesmo exagero ou vaidade
Eu não te dou sossego
Eu não te deixo em paz

Não vou pedir a porta aberta é como olhar pra trás
Não vou mentir, nem tudo oque falei eu sou capaz.
Não vou roubar teu tempo, eu já roubei demais

Eu tranco a porta, pra todas as mentiras
E a verdade também está lá fora
Agora à porta está trancada
A porta fechada, me lembra você a toda hora
A hora me lembra o tempo que se perdeu
Perder é não ter a bússola
É não ter aquilo o que era seu
E o que você quer, orientação.

Eu vou contar pra todo mundo vou pichar sua rua,
Vou bater na sua porta de noite, completamente nua
Quem sabe então assim... você repara em mim.

Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas, no caminho aonde eu vou
Ás vezes ando só trocando passos com a solidão
Momentos que são meus e que não abro mão

Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há e mim e basta,
Outro tempo começou... pra mim agora
Vou deixar a rua me levar, ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar, e eu vou lembrar você

É mais tenho ainda muita coisa pra arrumar,
Promessas que me fiz e ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir

Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há e mim e basta
Outro tempo começou, pra gente agora

Vou deixar a rua me levar, ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar, e eu vou lembrar você

Eu quero te roubar pra mim, eu que não sei pedir nada
Meu caminho é meio perdido, mas que perder que seja o melhor destino.
Agora não vou mais mudar
Minha procura por si só
Já é o que eu queria achar

Quando você chamar meu nome
Eu que também não sei aonde estou
Pra mim que tudo era saudade
Agora seja lá o que for
Eu so quero saber em qual rua minha vida vai encostar na tua"

Comentários

  • por: Frennessey S. Leal em segunda-feira, 19 de novembro de 2012
    Maravilha de música!
  • por: Fabiana Oliveira em terça-feira, 20 de novembro de 2012
    Belíssima letra!

Também recomendo

  •        Sempre ótimas escolhas de repertório e interpretação com uma energia diferenciada.
    "Agora vamos ter os girassóis do fim do ano
    E o calor vem desumano, tudo irá se expandir..."


  •    Uma roda de samba no Rio de Janeiro não tem preço. Com esta música e estas feras então... A querida Zélia Duncan, Hamilton de Holanda e Nilze Carvalho.  A música que todo filho vai lembrar do seu pai! DVD Samba Social Clube 4 - Direção: Darcy Burger - Edição: Maurício Leal/Daniel Saturnino.


  •      Uma das mais belas criações humanas. Atinge a alma. Astor Piazolla. Phonograph Jazz Band. Produção: Honoured Artist of Russia Sergey Zhilin. Solistas: Yuri Medyanik (bandoneon), Rodion Petrov (violin). Dançarinos: Inna Svechnikova, Dmitry Chernysh. Moscow International House of Music, Svetlanov Hall


  •    Grande sensibilidade, Oswaldo! Boas lembranças dos shows na Sala Funarte, Teatro da Escola Parque, Sala Villa Lobos... 

    "Olhe bem nos meus olhos
    Olhe bem pra você
    O fato é que a gente perdeu toda aquela magia..."


  • "... tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo..."


  •    Esta linda música de Milton Nascimento e Telo Borges fica ainda mais emocionante na interpretação da Maria Rita. A genética não falha, como diria meu amigo Marco Aurélio MA. A gente sente a sua mãe, Elis Regina, em cada gesto e nuances de voz. Alcança o fundo do coração. Vale abrir um vinho para ouvi-la.   (continua)


  •      A música é um dos hinos da humanidade. Esta gravação não é recente, em verdade é uma homenagem ao Led Zeppelin que aconteceu em 02/12/12 na Kennedy Center Opera House em Washington (DC). O trio remanescente da banda, Robert Plant, Jimmy Page e John Paul Jones, assistiu com uma grande emoção a uma versão do clássico "Stairway to Heaven"...   (continua)


  • "O Amor precisa da sorte
    De um trato certo com o tempo...
    Pra que o momento do encontro
    seja pra dois o exato momento
    O amor precisa de sol e do barulho da chuva...
    (continua)


Copyright 2011-2021
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília