Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Forrobodó em Nova York - Flávio de Mattos

Enviado por Gilberto Godoy

   O Quarteto Novo gravou apenas um disco, em 1967, mas deixou uma forte marca na música brasileira. Pela primeira vez os ritmos nordestinos ganhavam um tratamento sofisticado, com riqueza harmônica e sonoridade refinada. Misturando baião e jazz, Theo de Barros, Heraldo do Monte, Airto Moreira e Hermeto Pascoal revolucionaram a cena da música instrumental.

   Reunido a princípio para acompanhar o compositor Geraldo Vandré em suas apresentações, o grupo ganhou personalidade própria. Um time com essa escalação não poderia limitar-se a coadjuvante. Exemplo perfeito da musicalidade do conjunto é o tema O ovo, de Hermeto e Vandré.

   Cada um dos integrantes alçou vôo próprio depois desse álbum. Hermeto Pascoal se destacou pela experimentação, criando sons a partir de qualquer objeto de que pudesse sacar algum ruído, minimamente organizado. Formou muitos discípulos, instigando a criatividade dos jovens músicos que com ele tocavam.

   Um desses seus herdeiros musicais é Jovino Santos Neto, que hoje é professor de piano e composição no Cornish College of the Arts, em Seattle, Estados Unidos. Mas que lá, também, continua fazendo seu forró, misturado com o jazz, seguindo o caminho aberto pelo mestre. Carioca, filho de sergipanos, Jovino recuperou com Hermeto as raízes que trazia no sangue. Delas surgiu em 2008 seu trabalho Alma do Nordeste, lançado no Brasil pelo selo Tratore.

   E é também nos Estados Unidos que ressurge a influência de Hermeto na retomada da mistura de ritmos nordestinos com o jazz. De farra, o percussionista Mauro Refosco juntou os amigos brasileiros para fazerem um forró na boate Nublu, do East Village, em Nova York. A banda fez sucesso e passou a se apresentar na casa a cada semana.

   Assim nasceu o grupo Forró in the dark, com seu baixo poderoso e sua guitarra, unidos ao pífano, à zabumba e ao triangulo. Seu primeiro cd, Bonfires of São João, em 2006 tem a força de David Byrne, que participa do disco cantando Asa Branca, em inglês.

   O som do Forró in the Dark faz sucesso no mundo inteiro. Além de percorrer os Estados Unidos, o grupo já se apresentou na Inglaterra, Itália, Portugal, Turquia e até na Eslováquia. O segundo disco da banda, Light a candle, de 2009, é destaque nas lojas de cds em Paris e toca no rádio lá, especialmente o tema, Lilou.

   Aqui no Brasil estamos em clima de festas juninas, mas nos Estados Unidos o baile continua ainda no mês que vem. O Forró in the dark toca no Madison Square Park, de Nova York na tarde do dia 30 de julho. Uma grande festa, sem fogueira nem quentão, mas com muito baião e xote.


   Flavio de Mattos, jornalista. Dirigiu a Rádio Senado. Produz o programa Improviso - O Jazz do Brasil, que pode ser acessado no endereço: senado.leg.br/radio

     Fonte: blog do Noblat

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  • Ave Maria Gratia plena
    Maria Gratia plena
    Maria Gratia plena
    Ave, ave dominus
    Dominus tecum
    Benedicta tu in mulieribus
    (continua)


  •      "The Long and Winding Road" é uma música composta por Paul McCartney e creditada a Lennon/McCartney, gravada pela banda britânica The Beatles no álbum Let It Be, de 1970. Uma das músicas que eu mais gosto!


  •    Coordenação perfeita da dança e música. Lindo!

       Rose Fairy: Laura Morera; Her Escorts: Kenta Kura, Ernst Meisner, Sergei Polunin, Brian Maloney; Leading Flowers: Yuhui Choe, Helen Crawford, Hikaru Kobayashi, Samantha Raine; Clara: Iohna Loots; The Nutcracker: Ricardo Cervera; Herr Drosselmeyer: Gary Avis.


  •      Gotan Project - Rayuela - Live at Casino de Paris HQ.  Sublime!

         O Gotan Project é um grupo musical formado em Paris, constituído pelos músicos: Philippe Cohen Solal (francês), Eduardo Makaroff (argentino) e Christoph H. Müller (suíço).  O grupo juntou-se em 1999. O primeiro single a ser lançado foi Vuelvo Al Sur/El Capitalismo Foraneo em 2000...   (continua)


  •  

         O período das melhores festas do ano chegou. Viva São João!


  •    Rio de Janeiro - Desde o dia 21 deste mês, o acervo do cantor e compositor Milton Nascimento está disponível para visualização e pesquisa no portal do Instituto Antonio Carlos Jobim – www.jobim.org . São cerca de 45 mil itens, entre fotos, documentos, áudios, vídeos e álbuns.   (continua)


  •    Um dia na vida.... essa música dos Beatles rima com este trecho de Hesse: “Somos, fluindo de forma em forma docilmente, movidos pela sede do ser atravessamos o tempo. O dia, a noite, a gruta e a catedral. Assim sem descanso as enchemos uma a uma, e nenhuma nos é o lar, a ventura..." (continua)


  •      Quem nunca dançou ao som de Donna Summer? Nos anos 70, Donna Summer dominou pistas de dança do mundo inteiro, com músicas que não deixavam ninguém ficar parado. A artista conquistou cinco Grammys, o Oscar da música. Exigente com o próprio trabalho, ela uma vez atribuiu o sucesso ao pós-guerra do Vietnã nos Estados Unidos e no mundo.   (continua)


Copyright 2011-2022
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília