Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Nota Bene: um guia para viajantes exigentes

Enviado por Gilberto Godoy
nota-bene--um-guia-para-viajantes-exigentes

     Entrar numa boa livraria e pesquisar por guias de viagem é uma experiência. Hoje em dia, além dos clássicos ao estilo “Frommer’s” e “Lonely Planet” (que cumprem bem o papel didático, com mapas e pontos históricos) é possível encontrar uma diversidade sem fim, para todo e qualquer gosto: são guias de luxo, de gastronomia, de arquitetura, compras, esportes, enfim, tão específicos quanto se possa imaginar e querer.

     Quase todos óbvios, e francamente preguiçosos. Escritos de maneira generalista por gente que obviamente preenche lacunas, só tem comentários elogiosos, mas não responde verdadeiramente as questões dos viajantes.

      Ainda pouco conhecido no Brasil, mas referência mundial no segmento, os guias da Nota Bene têm tudo o que os outros não têm – numa visão muito especifica, é claro.

     Cheio de opinião e escrito por gente que entende do negócio, os guias agradam aqueles que viajam em busca de hotéis, restaurantes, compras e experiências que sejam ao mesmo tempo luxuosas, autênticas, de alguma maneira não óbvias e, talvez, até inexploradas.


     Conheça empresas que transformam sonhos em realidade.

     São o mais próximo que se poderia chegar de um real “black book” (o caderninho com anotações secretas e dicas “insiders” que você não passaria nem para seu melhor amigo). Independentes e cheios de opinião os guias não poupam críticas a estabelecimentos que são considerados “intocáveis”, ignoram clássicos que não merecem ser revistos e vão fundo na análise de novidades que merecem estar lá.

     Se preciso, em uma determinada cidade, comentam só o melhor hotel – esquecendo completamente de mencionar os que não atendem a seus padrões.

     Como não poderia deixar de ser, ter acesso a informações tão privilegiadas custa caro. Os guias são encontrados em raríssimas lojas pelo mundo e a melhor maneira de tê-los é fazendo a assinatura anual que custa por volta de US$ 500 (R$ 783). Com ela, o assinante tem direito a 10 guias por ano, especializados nos destinos mais quentes e exclusivos do momento.

     Cada edição tem por volta de 40 páginas com fotos e texto extensos sobre o lugar, os hotéis, os programas, o que comer, comprar, fazer, quando e como ir, além de dicas superpreciosas. A cada mês você também recebe “updates” com as últimas novidades das cidades publicadas nos guias anteriores – maravilhoso, já que o grande problema de um guia é ficar desatualizado.

     Francamente esnobe, o guia foca em destinos como St. Moritz, Courchevel, Capri, Ilhas Maldivas e Costa Esmeralda, por exemplo. Feito para um seleto grupo, assinar o Nota Bene é o primeiro passo para se pertencer a este clube superseleto, que pode oferecer – a uma taxa a altura, é claro – experiências ainda mais exclusivas, feitas por um concierge especial. Mas para descobrir isso você terá de se inscrever.

     Fonte: Nota Bene

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •      'Explora' é um modo de viajar a lugares remotos na América do Sul, baseado na exploração profunda da região e do luxo do essencial. Antigamente os homens viajavam com o objetivo de descobrir, conquistar, colonizar ou comercializar. As viagens eram na sua maioria, uma forma de atingir outros fins, para alcançar objetivos que estão fora do prazer da própria viagem.   (continua)


  •    Washington é um destino surpreendente. Quem imagina que DC é só a Casa Branca, Capitólio e imediações não sabe quanta coisa interessante existe pela região. Este post faz um pequeno resumo de Museus e compras.   (continua)


  •    A Tailândia é um país predominantemente budista e um dos locais mais bonitos do mundo para se passar férias. Delimitado pelo Golfo da Tailândia e pelo Mar de Andaman, o Sul é o paraíso dos amantes das praias. As ilhas espalhadas ao largo, acentuam este abrigo tropical.   (continua)


  •       O que poderia ser mais romântico do que um passeio pela cidade à noite? À noite, os monumentos são mais belos e dourados, causando um fascínio único e parecido com aquele quando o primeiro homem das cavernas descobriu que o fogo poderia iluminar seu caminho...


  •    Vista para o Mediterrâneo, acomodações luxuosas e espaçosas, muitos mimos para os hóspedes e diversas opções de relaxamento fazem do Gran Hotel La Florida, da rede hoteleira Husa, o principal hotel boutique de Barcelona. Localizado a 500 metros de altitude, no alto de uma das sete montanhas que circundam Barcelona...  (continua)


  •    Se aquelas paisagens paradisíacas de água azulzinha não lhe agradam e seu negócio é mesmo curtir uma caverna como seus antepassados, deveria então pelo menos escolher uma caverna confortável como as do Cave Hotel Yunak Evleri na Capadócia, Turquia. Dê só uma olhada nas acomodações do hotel e tudo o que ele oferece aos hóspedes...   (continua)


  •    Porque não pensamos nisso antes? Quem já viajou pra fora e ficou gaguejando e gesticulando na frente de alguém que fala outra idioma, visando ser entendido, sem sucesso, sabe que é uma ideia utilíssima, principalmente se você gosta de se aventurar pelo mundo por conta própria.   (continua)


  •    Um dos maiores paraísos da terra na minha modesta opinião. Pequeno vídeo de um cruzeiro no Lago Annecy, na França pelo escritor de viagens Trevor Claringbold. Música de Erik Satie, Gymnopédie, "As cores do outono".


Copyright 2011-2022
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília