Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Tratamento Clínico da Depressão - Gilberto Godoy

Enviado por Gilberto Godoy
tratamento-clinico-da-depressao---gilberto-godoy

   TRATAMENTO CLÍNICO DA DEPRESSÃO

                                                                                                 CLÍNICA BRASILIA DE PSICOLOGIA

   Depressão é a denominação atribuída a um transtorno de humor que se caracteriza por um conjunto de somatizações e alterações de comportamentos, sentimentos, percepção, emoções entre outros e que podem comprometer a adaptação da pessoa à vida pessoal e social. Pode comprometer além da saúde, trabalho, família, estudos e relacionamentos.

   Assista o VÍDEO sobre DEPRESSÃO  AQUI.

   A depressão tem SINTOMAS diferentes dependendo da pessoa. Pode envolver diversos sintomas tais como a perda de interesses em atividades habitualmente agradáveis, inapetência sexual, baixa auto estima, desesperança, falta de apetite, sono alterado, dificuldade de concentração, diminuição da energia, sensação de vazio, dificuldade de estar em ambiente com muita claridade, dores sem explicação, sentimentos de culpa, sensação de estar fora do seu normal entre outros.
 

   Segundo a OMS, Organização Mundial de Saúde, a Depressão afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo, de todas as idades, sendo crescente a sua incidência. (fonte: OPAS Brasil / OMS – 2019). Geralmente mulheres são mais afetadas do que homens. Os obstáculos ao tratamento eficaz incluem a falta de recursos, a falta de profissionais treinados e o estigma social. Outra barreira ao atendimento é a avaliação imprecisa. Em países de todos os níveis de renda, pessoas com depressão frequentemente não são diagnosticadas corretamente e outras que não têm o transtorno são muitas vezes diagnosticadas de forma inadequada, com intervenções desnecessárias.


   Costuma-se classificar a depressão em tipos, níveis e intensidades. Casos mais graves de depressão podem levar ao suicídio. A compreensão dos sintomas a partir de uma visão sistêmica, levando em consideração os aspectos orgânicos envolvidos, e, sobretudo, uma consistente análise funcional da vida atual da pessoa para compreender as variáveis que podem estar por trás dos sintomas.
 

   A depressão não tem uma CAUSA única. Dentre as possibilidades de explicação para sua causalidade estão fatores genéticos como a falta de neurotransmissores e alterações comportamentais e somáticas decorrentes da história de vida do indivíduo. Perdas significativas, sobretudo afetivas e financeiras estruturais geralmente estão relacionadas a depressão.

   Assim, o TRATAMENTO ideal para as pessoas com depressão é multidisciplinar e deve contar com a ajuda do médico e do psicólogo. Uma pessoa com depressão geralmente precisa ter assistência de alguns medicamentos mas sobretudo maior compressão de si mesma para que mude de atitudes, produzindo comportamentos que produzam consequências mais reforçadoras e amplas.
 

   Há algumas DICAS para ajudar a sair de um quadro de depressão tais como exercícios físicos leves, se expor moderadamente ao sol, mudança de estilo de vida, reeducação alimentar etc. Mas ressaltamos que engajar-se num processo psicoterápico com um psicólogo competente ajuda de forma decisiva na mudança que a pessoa precisa para mudar a vida. Uma família colaborativa, amigos, novas atividades, medicamentos receitados pelo médico tomados com regularidade e auto conhecimento produzido por uma boa Terapia Comportamental para depressão ajudam a pessoa a sair deste quadro cada vez mais comum na atualidade. O diagnóstico deve ser feito por um profissional da saúde, com qualificação e experiência na área. Muitas vezes ocorre da pessoa ser diagnosticada com depressão sem ter realmente um quadro depressivo. As chateações comuns num mundo confuso e competitivo como o atual muitas vezes são confundidas com depressão em casos mais leves. Portanto, procure um bom psicólogo ou médico.

   Acredite: tudo pode mudar, depende do que você faz e não apenas do que você sente!
 

Na Clínica Brasília de Psicologia temos psicólogos especializados e capacitados a atender pessoas com depressão.

Agende uma consulta ou fale conosco  AQUI  ou pelo WhatsApp: 61.99885.5556

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    A distinção entre reforçadores naturais e arbitrários é problemática em Análise do Comportamento e não há conformidade nos uso desses conceitos dentre os analistas do comportamento. Goldiamond, Ferster, Kohlenberg, Tsai entre outros defendem o uso de reforçadores naturais em detrimento dos arbitrários no contexto aplicado pelos...   (continua)


  •    Terapia comportamental pode ajudar pessoas em momentos especiais em que estão sentindo necessidade de solucionar problemas ou questões pessoais, e tem a necessidade de ajuda profissional efetiva.  Geralmente procuram o profissional por meio de indicações de amigos, colegas ou parentes. A procura na internet hoje também é muito comum.   (continua)


  •      Terapia Comportamental: quando, como e para quê?
      A vida é udinâmica e exige de nós uma constante adaptação às circunstâncias por meio de nossos comportamentos. Dificuldades e problemas são parte do nosso cotidiano, em diversos níveis. Muitas vezes, damos conta de lidar com nossas questões sem ajuda profissional, porém, quando nos deparamos com uma condição na qual não temos as respostas...   (continua)


  •    Bons questionamentos de Seiiti Arata Jr.  Ele fundou a Arata Academy em 2007, prestando serviços de treinamento online para jovens empresários e profissionais que procuram alcançar resultados de excelência. Atualmente...   (continua)


  •    Que tipo de ciência é a análise do comportamento? Ora descrita como parte da biologia, ora como parte da psicologia, ainda hoje permanece controversa sua posição no cenário científico. B. F. Skinner, talvez o principal epígono (se não prógono) dessa ciência no século XX sustentou diferentes posições sobre...   (continua)


  •    Três artigos recentes na seção Tendências/Debates da Folha de São Paulo tratam de abordagens para o tratamento de crianças autistas. Nilde Franch escreveu “Autismo e Psicanálise”, Del Rey, Vilas Boas e Ilo escreveram “Análise do Comportamento e Autismo” e...   (continua)


  •    Para muitos gerentes, colaboradores altamente motivados fazem o que são pagos para fazer, apenas o que está escrito em sua descrição de trabalho. Mas para mim, colaboradores altamente motivados fazem mais do que eles são pagos para fazer – eles fazem o que precisa ser feito para...   (continua)


  •    Nesse vídeo podemos observar como um paradigma é formado e como os seres seguem ele, seja animal ou seja o homem. Há aprendizagens que não entendemos de onde vem e replicamos comportamentos o resto da vida. A humanidade na sua maioria faz a mesma coisa, seguem...   (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília