Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 
Filtro:
Novembro [x]
2014 [x]
  •    Segundo o jornal The Wall Street Journal, a empresa GoPro começará a elaborar sua própria linha de drones para expandir seu negócio a outras áreas além das câmeras para vídeos de ação. Com base em fontes anônimas próximas à empresa, o diário assinala que a companhia planeja começar a vender helicópteros de vários rotores equipados com câmeras de alta definição no final do próximo ano (2015), e seu preço deve variar os 500 1.000 dólares conforme o modelo.   (continua)

  •    Em meio a sofrida vitória da Dilma, a esquerda sofreu duros reveses. A própria vitória apertada é um chamado de atenção, que tem que recair sobretudo na falta de democratização dos meios de comunicação, erro fundamental do governo, que quase leva ao fim do ciclo de governos progressistas no Brasil.   (continua)

  •   Dirigido por Bennett Miller, vencedor do prêmio de melhor diretor no Festival de Cannes, o filme conta a história real do campeão olímpico de luta greco-romana, Mark Schultz (Tatum). Ele é convidado pelo herdeiro milionário John du Pont (Carell) para se mudar para sua mansão e ajudar a formar o centro de treinamento Team Foxcatcher, na Pensilvânia, visando aos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul. Lá, ele mata a tiros David Schultz (Mark Ruffalo), medalista de ouro na luta greco-romana nas Olimpíadas de Los Angeles em 1984...   (continua)

  •  O céu é o limite quando se trata de usos criativos de drones para a fotografia - essas imagens foram parar no concurso da revista National Geographic. Confira!

       Fonte: Dronestagram

  •    Conselho informa que não recuará em suas ações políticas, tanto no que diz respeito a este Projeto de Lei quanto à pauta geral das condições de trabalho dos(as) psicólogos(as).
       Com relação ao veto presidencial ao Projeto de Lei nº 3338, de 2008, que prevê a redução da jornada de trabalho da categoria profissional da Psicologia sem redução salarial, ocorrido nesta terça (18/11), o Conselho Federal de Psicologia reitera sua posição peremptória em defesa da melhoria das condições de trabalho da nossa categoria.   (continua)

  •    Enquanto todos ficam de olho na Europa, dados recentes mostram que economia chinesa continua desacelerando. As importações e exportações de produtos processados vem desacelerando bastante, em função da redução da atividade nas principais economias do globo. O consumo de energia desacelerou bastante, a exceção do setor de serviços. Tal consumo indica que PIB possa estar andando a 7 ou 6% aa.   (continua)

  •    Para os economistas Delfim Netto e Marcos Lisboa, êxito do segundo mandato depende da retomada da confiança entre governo e empresários. O desafio do segundo mandato de Dilma Rousseff passa inevitavelmente pela retomada da confiança entre governo e empresários, relação bastante abalada durante os primeiros quatro anos da gestão atual. Esse retorno da confiança mútua entre os dois lados pode fazer com que o investimento destrave e a economia brasileira volte a crescer.   (continua)

  •      Perdemos o controle de Brasília e seremos condenados por isso. A geração dos brasilienses que têm entre 30 e 70 anos hoje entrará na história como aquela que fez Brasília e as demais áreas urbanas se perderem. São tantos os abusos praticados na estrutura urbana do Distrito Federal que podemos considerar o sonho de JK perdido. A Capital Federal será um caos. ...   (continua)

  •    Numa época em que a Petrobras está debaixo de chumbo, faça-se justiça ao seu corpo técnico, ali nunca se acreditou nas mágicas do Mr. X.
       Está chegando às livrarias “Tudo ou nada — Eike Batista e a verdadeira história do grupo X”, da repórter Malu Gaspar. Quem quiser sapeá-lo numa livraria pode ler as duas primeiras páginas do prólogo. Depois disso, será impossível parar. Ali está a história do circo de Eike Batista, o “Indiana Jones brasileiro”.    (continua)

  •    Desde o primeiro aninho, ainda no colo da mãe, a criança deve entrar em contato com o livro. É preciso que a criança toque no livro, folheio-o, cheire-o. Atualmente há milhares de livros maravilhosos, atraentes, encantadores bem ao gosto de cada etapa infantil. Estão se multiplicando também  os escritores de literatura infantil.   (continua)

  •       Bruno de Pierro, no Brasilianas.org da Agência Dinheiro Vivo
         O crescimento de 7,5% do PIB em 2010, acompanhado da ampliação expressiva do mercado de consumo, que registrou alta de 7% do consumo das famílias no terceiro trimestre daquele ano, confirma o movimento de ascensão da nova classe média, incentivado por políticas que, nos últimos anos, tiraram milhares de famílias da miséria extrema e as possibilitaram acesso ao crédito. Para além do simples consumo, incentivos, como o do Bolsa Família, recuperaram a dignidade de brasileiros.   (continua)

  •    O título do livro que Luís Flávio Sapori e Gláucio Ary Dillon Soares lançam hoje em Belo Horizonte, pela Autêntica e Editora PUC Minas, é uma pergunta: 'Por que cresce a violência no Brasil?'. Uma indagação que, em tempos pós-eleição, se torna bastante relevante. Sempre percebida pelos cidadãos como uma das maiores preocupações no dia a dia, a violência fez parte dos debates eleitorais com muitas propostas e dados, mas o tema não foi esgotado. O propósito do livro é exatamente criar uma base de informações confiáveis e análises que permitam ao leitor compreender esse complexo fenômeno social.   (continua)

  •    Uma pergunta: se nas empresas a renovação dos quadros seguisse o mesmo ritmo da política - devagar, quase parando - o que seria delas? E a mesma pergunta vale para as universidades, as artes, um pouco tudo. Da boca para fora, dois terços de brasileiros disseram a sucessivas pesquisas que queriam "mudanças". Na hora do vamos ver, deixaram quase tudo como estava. José Roberto de Toledo mostrou que, dos 27 governadores eleitos, apenas quatro representam algum tipo de renovação. Mesmo entre os deputados novos, boa parte é Filho ou Neto. Várias famílias mandam na política há gerações.   (continua)

  •      Como o cientista francês Hippolyte Rivail se tornou, aos 53 anos, Allan Kardec, criador da doutrina espírita e fonte de inspiração do médium brasileiro Chico Xavier.   "A pessoa que estudar a fundo as ciências rirá dos ignorantes. Não mais crerá em fantasmas ou almas do outro mundo.” Era assim que o professor Hippolyte Léon Denizard Rivail, membro de nove sociedades científicas e autor de cerca de 20 livros sobre pedagogia na França do século XIX...   (continua)

Copyright 2011-2019
Todos os direitos reservados

Até o momento,  17260851 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília