Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

A criança que fui chora na estrada - Fernando Pessoa

Enviado por Gilberto Godoy
a-crianca-que-fui-chora-na-estrada---fernando-pessoa

"A criança que fui chora na estrada.
Deixei-a ali quando vim ser quem sou;
Mas hoje, vendo que o que sou é nada,
Quero ir buscar quem fui onde ficou.

Ah, como hei-de encontrá-lo? Quem errou
A vinda tem a regressão errada.
Já não sei de onde vim nem onde estou.
De o não saber, minha alma está parada.

Se ao menos atingir neste lugar
Um alto monte, de onde possa enfim
O que esqueci, olhando-o, relembrar,

Na ausência, ao menos, saberei de mim,
E, ao ver-me tal qual fui ao longe, achar
Em mim um pouco de quando era assim."


A seguir, outra tradução encontrada na internet:

"A criança que fui chora na estrada.
Deixei-a ali quando vim ser quem sou;
Mas hoje, vendo que o que sou é nada,
Quero ir buscar quem fui onde ficou.
Olá, minha criança! Vim buscar quem fui, onde ficou.
Que bom te reencontrar, pois sei que um dia deixei-te na estrada para ser quem sou.
Voltei agora para te buscar.

Perdoe- me por te abandonar.
Enquanto choravas, eu dormia o sono das conquistas passageiras.
Agora estou desperto, vim te buscar.
N
ão te assustes comigo. Eu não te deixei porque desejava.
Não soube como fazer. Agora retorno a te buscar.
Te aceito como és, incondicionalmente.
Tu não és má porque tem imperfeições.
Tu apenas tens imperfeições.
Depois de tanto tempo, descobri que não sou capaz de viver sem teu poder.

Quero brincar, pular e ser feliz. Vem ajuda com tua bondade.
Ajuda-me com tua criatividade e espontaneidade.

Ah! Minha criança de luz, como te amo! Como quero te amar!
Que vontade de sentir a tua espontaneidade, tua riqueza!"

Comentários

  • por: Natalucia Lourenço Medeiros em sábado, 11 de maio de 2013
    Um dia o Ser Humano vai entender que deveria crescer sem crescer... Jamais perder o sorriso, o brilho do olhar da infância. Porque precisamos ser moldados, engessados, tolidos, se a maior riqueza está dentro. Que texto rico.

Também recomendo

Copyright 2011-2018
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília