Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Achou um cão abandonado? Saiba o que fazer

Enviado por Gilberto Godoy
achou-um-cao-abandonado--saiba-o-que-fazer

   Praticamente todos os dias nos deparamos com cães e gatos andando nas ruas abandonados. Com a crise aconômica este problema social aumenta. Filhotes, animais doentes, animais velhos ou simplesmente aquele vira lata que nasceu na rua e que poderia viver e morrer nas ruas correndo todos os riscos.

   Se você é um daqueles que não consegue continuar o seu caminho sem fazer alguma coisa (alguma coisa de fato e não simplesmente deixá-lo na frente de uma clínica veterinária ou de uma ONG), saiba aqui os primeiros cuidados.


   - Muito cuidado no resgate para não se envolver em um acidente de trânsito ou não receber uma mordida: animal de rua pode estar assustado, com dor ou alguma doença que pode passar para o ser humano.

   - Não colocar esse animal desconhecido junto com outros animais que, por ventura, você tenha em casa: o animal resgatado deve ficar sob observação.

   - Oferecer água e comida e observar como se comporta nas primeiras horas.

   - Assim que possível, levar ao seu veterinário de confiança para uma primeira avaliação e cuidados.

   - Se ele estiver machucado ou sabidamente doente, procure um veterinário antes de levar para casa. Nesse caso você já vai ter que arcar com os primeiros custos: você não deve pensar que o veterinário tem que arcar com isso sozinho. Se assim o fizer ele fica falido em questão de dias.

   - Fazer um exame de sange e fezes, Depois vermifugar de acordo com a orientação do veterinário.

   - Dar um belo banho e passar preventivos contra pulgas e carrapatos.

   - Depois do tempo de observação, provavelmente, se tiver saudável, poderá ser vacinado e castrado.

   - O Médico veterinário é o único que poderá orientá-lo a respeito de dieta, vacinas, medicamentos e exames necessários para que esse novo animal faça parte da sua vida de forma saudável e segura.

     Fonte: Petcare.com.br

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    O mundo animal sempre nos surpreende. As possibilidades de aprendizagem são muitas, variadas e complexas. O cão deste vídeo demonstra isto. Seu dono o levou para dar um passeio quando percebeu que tinha uma loja de música próxima.   (continua)


  •    Com um equipamento de som ultra sensível, uma equipe do BBC Earth demonstrou como uma coruja voa tão silenciosamente em comparação com outras aves. Neste clipe da nova série Super Powered Owls podemos ver uma experiência fascinante que mostra o voo eficiente e silencioso de uma coruja-das-torres.   (continua)


  •    Pense em todos os cães por aí: labradores, poodles e labradoodles; huskies, westies e dogues de Bordeaux; pit bulls, spaniels e vira-latas adoráveis que vão a pet shops. Some todos os cães de estimação no planeta e você chegará a cerca de 250 milhões.   (continua)


  •    Enquanto passeava de caiaque junto a sua esposa pelas águas de Sardina do Norte nas Grandes Canárias, Sergio Rodriguez viu uma bela tartaruga marinha em apuros se aproximando da embarcação. O pobre animal deve ter topado com um banco de lixo e ficou enredado em um saco de ráfia.   (continua)


  •      Basenji é uma das poucas raças caninas desenvolvidas na África. Há registros de cães semelhantes a esta raça que datam de mais de 4 000 anos, encontrados em desenhos em tumbas egípcias da quarta dinastia. Todavia, é difícil traçar uma relação entre eles, já que o basenji descende de cães saídos do Zaire durante a década de 1830.   (continua)


  •    O comportamento animal evidencia uma complexidade ainda pouco compreendida. A reação de alguns cachorros é parecida a dos humanos quando se trata de perceber uma “mágica” acontecer diante dos seus olhos. Confira. Fonte: tudointeressante.com.br


  •    Alimentar cães é sempre gratificante. A mulher deste vídeo resolveu condicionar os seus com a demonstração de uma rotina de alimentação impressionante. São 11 cães Sheltie e Collie incrivelmente pacientes e inteligentes, que são chamados um a um pelo nome. Haja dedicação!


  •    Quem gosta de cães sabe: eles precisam, acima de tudo de carinho e respeito por parte dos seres humanos. São seres muito sociais e carinhosos que podem ficar seriamente afetados com a solidão e a indiferença. Nenhum animal merece viver acorrentado, sem um espaço mínimo onde possa correr e desenvolver-se.   (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília