Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Avião que se divide em caso de acidente

Enviado por Gilberto Godoy

   Você tem medo de viajar de avião? Esta notícia pode ser positiva mas você deverá esperar algum tempo. O engenheiro ucraniano Tatarenko Vladimir apresentou o projeto de um avião que se separa em duas partes em caso de acidentes. De acordo com o inventor, o projeto poderia salvar centenas de vidas.

   Em caso de acidente, o avião teria sua cabine separada da casca. Assim, uma cápsula sairia do aeromodelo, separando a parte interior do restante da aeronave. Pelo que se pode observar, a disposição dos assentos e compartimento de bagagens seguiria de forma tradicional. 

   O tubo separado da casca do avião contendo todo seu compartimento interno seria liberado e aterrissaria com segurança em solo ou em alto-mar com a ajuda de paraquedas e liberação de uma superfície inferior inflável para amortecer a queda. Confira o vídeo explicativo do projeto.
A Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO) informou que nos últimos dez anos 8% dos acidentes ocorreram na decolagem, 21% no pouso e 71% durante o voo. Apesar de uma solução esperançosa, a Aviation Safety Network (ASN) divulgou que 2015 foi o ano mais seguro da aviação comercial.

     Fonte: Olhar Digital
 

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    O fim da existência é inerente à natureza, pois tudo o que existe tem um começo e um fim. É exatamente por isso que “profetas” ao longo da História têm se aproveitado dessa lógica para datar (o último estava programado para ontem) o dia do Apocalipse. Mas a Ciência só pode dar...   (continua)


  •    A Teoria das cordas (ou teoria das supercordas) é um modelo físico cujos blocos fundamentais são objetos extensos unidimensionais, semelhantes a uma corda, e não por pontos sem dimensão (partículas) que eram a base da física tradicional. Por essa razão, as teorias baseadas na...   (continua)


  •    A física moderna apóia-se em dois pilares: a teoria da relatividade geral, que explica o universo em grande escala (planetas, estrelas, galáxias), e a Mecânica quântica, que descreve-o em escala microscópica (partículas, átomos, moléculas). A primeira deve-se a Albert...   (continua)


  •      Resultados da experiência OPERA, no CERN surpreendem cientistas ao indicarem que neutrinos podem viajar mais rápido que a luz. Resultados que podem pôr em causa Teoria da Relatividade de Einstein. Caso o evento seja confirmado por outros cientistas, a física terá, praticamente, de ser reinventada.   (continua)


  • "... Que milagre é o homem?
    Que sonho, que sombra?
    Mas existe o homem?"
    ...
    C.D. Andrade


  •    A bordo de um avião da United Airlines para Nova York, o matemático Welington de Melo pediu um copo de vinho. Seu companheiro de viagem, Artur Avila, pediu outro. A aeromoça desconfiou: “Que idade você tem?” Artur tinha 19 anos, com jeito de menos, e ficou sem o vinho. Era...   (continua)


  •    Em busca de nossas origens cósmicas. Sensacional! O filme leva você a uma viagem para a 5000 metros de altura Planalto Chajnantor, onde ALMA está, no ambiente único do Deserto de Atacama do Chile.   (continua)


  •    Ivan Oliveira - Folha de S.Paulo / Tendências/Debates: Ciência, tecnologia, inovação.
       A relação entre ciência, tecnologia e inovação segue uma ordem de causa e efeito que não pode ser invertida. Não se retira uma vaca de um copo de leite. É um grave equívoco pensar que...   (continua)


  •    Uma série de experimentos em temperaturas ultra frias demonstraram um fenômeno conhecido como "perda de nêutrons", no qual por alguma razão estas partículas subatômicas desaparecem por curtos períodos. Ainda que considerem diversas possíveis explicações...   (continua)


  •      Stephen Hawking fala sobre questões do universo. Mistérios...


  •      Até agora as ecografias nos proporcionavam uma informação limitada sobre o sexo do feto, pois nas primeiras semanas de gravidez os órgãos sexuais do feto ainda não estão desenvolvidos. Isto pode mudar graças a um teste desenvolvido por uma equipe de cientistas da empresa espanhola MyGEN.   (continua)


  •      Buscar a possibilidade no impossível é apenas uma questão de tempo, de acordo com Dmitry Itskov e as pessoas envolvidas em seu projeto chamado Rússia 2045. Ainda que pareça uma coisa megalomaníaca, eles esperam recriar toda uma civilização nova com a ajuda da transferência de personalidades dos seres humanos depois que seus corpos morrem para avatares androides.  (continua)


Copyright 2011-2019
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília