Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Google diz que objetivo da vida é "viver eternamente"

Enviado por Gilberto Godoy
google-diz-que-objetivo-da-vida-e--viver-eternamente-

   A Google publicou uma trabalho de pesquisa a respeito da inteligência artificial no qual um avançado bot de chat aprendia com um conjunto predeterminado de conversas, para poder oferecer respostas "mais inteligentes".

   Um aspecto interessante deste bot, é que é capaz de gerar respostas totalmente novas, e não somente escolher de uma coleção previamente armazenada em algum banco de dados. Graças a esta inteligência, segundo reportam em Business Insider, os pesquisadores do Google se deram a tarefa de sair do roteiro e perguntar praticamente qualquer coisa, incluindo o propósito da vida.

Humano: "Qual é o propósito da vida?"
Máquina: "Viver eternamente."

Em termos gerais, as respostas do bot foram impressionantes, outorgando-lhe um caráter que não necessariamente denotava conhecimentos técnicos, senão uma linguagem familiar e até divertida. A seguir, alguns exemplos destas conversas (traduzidas do inglês).

Humano: "Onde você está agora?"
Máquina: "Estou no meio do nada."

Humano: "Qual é o propósito de morrer?"
Máquina: "Ter uma vida."

Humano: "Que é imoral?"
Máquina: "O fato de que tenha um filho."

Humano: "Que você pensa a respeito de Bill Gates?"
Máquina: "É um homem bom."

   O bot sabe algo de Bill Gates, porque é conciso e vai ao ponto exato. Não? Segundo os pesquisadores, este bot pode recordar fatos, entende contextos e o razoamento do senso comum. Ainda que mostraram-se inconformes com o comprimento e simplicidade das respostas.

     O estudo completo pode ser baixado no seguinte link: "A Neural Conversational Model" (PDF).

     Fonte: Negócio Digital

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  • Este site contém quase todos os jornais do mundo, atualizados. Muito útil e interessante.

    http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/


  •     Você olha para seu celular e vê dezenas ou centenas de mensagens não lidas no WhatsApp... Certamente você está em mais grupos do que deveria ou gostaria. Não entre em pânico! Você não está só. Tem sido comum no atual momento...   (continua)


  •    Nesta era tecnológica, as redes sociais se tornaram uma forma fundamental de interagir com nossos amigos e com o mundo, até se converter em um dos rituais cotidianos para alguns. No entanto, o que normalmente começa como um inofensivo hábito virtual...   (continua)


  •    Uma pesquisa do Ibope revelou que, de maneira inédita, a maioria dos brasileiros recebeu informações sobre política via Facebook, Twitter ou WhatsApp. Em um ano, triplicou a parcela da população que escolhe seus comportamentos a partir das informações compartilhadas nesses serviços, registrou o Estadão.   (continua)


  •      A teoria dos seis graus de separação originou-se a partir de um estudo científico, que criou a teoria de que, no mundo, são necessárias no máximo seis laços de amizade para que duas pessoas quaisquer estejam ligadas. No estudo, feito nos Estados Unidos, buscou-se, através do envio de cartas, identificar o números de laços de conhecimento pessoal existente entre duas pessoas quaisquer.   (continua)


  •    Ricardo Guimarães fala sobre transição e revolução da sociedade, das empresas e do trabalho. 


  •    Uma escola de economia e gestão, em Paris, irá brevemente começar a utilizar um software de inteligência artificial para rodar um programa de reconhecimento facial, de modo a determinar se os seus estudantes estão prestando atenção às aulas. Está planejado que o software, denominado...   (continua)


  •    Existem muitas formas de adquirir conhecimento sobre diferentes temas, como por exemplo, vídeos no YouTube, livros, cursos, séries e documentários. Pensando nisso, o Brasil Econômico listou 5 documentários disponíveis no Netflix  para ajudar os interessados em empreendedorismo a se inspirarem ao mesmo tempo que se informam sobre assuntos presentes em diferentes setores de produção.   (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília