Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Te amo e não te amo - Pablo Neruda

Enviado por Gilberto Godoy
te-amo-e-nao-te-amo---pablo-neruda
   "Saberás que não te amo e que te amo posto que de dois modos é a vida,
     A palavra é uma asa do silêncio, o fogo tem uma metade de frio. 
     Eu te amo para começar a amar-te, para recomeçar o infinito
     E para não deixar de amar-te nunca: por isso não te amo ainda.
     Te amo e não te amo como se tivesse em minhas mãos as chaves da fortuna
     E um incerto destino desafortunado.
     Meu amor tem duas vidas para amar-te
     Por isso te amo quando não te amo e por isso te amo quando te amo."

Comentários

  • por: Natália Alves em quinta-feira, 5 de abril de 2012
    Admiro muito o Neruda, sentimentalista. =D perfect

Também recomendo

Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília