Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Melhores livros e autores de acordo com escritores

Enviado por Gilberto Godoy
melhores-livros-e-autores-de-acordo-com-escritores

    Ainda que uma lista de "melhores" em qualquer coisa sempre termine em polêmica, talvez esses questionamentos seriam menores se a lista fosse realizada por pessoas experimentadas no tema ou no mínimo com um grau aceitável de conhecimento sobre o mesmo. E em literatura, talvez poucas pessoas sejam tão apropriadas para opinar sobre o assunto como os próprios escritores.

     A verdade é que há tantos escritores medíocres quanto livros publicados mas talvez seja possível encontrar uma característica comum a todos eles: sua vida passada como grandes leitores. Assim o site Brain Pickings pediu a 125 autores estadunidenses e ingleses, entre eles Norman Mailer, Ann Patchett, Jonathan Franzen, Claire Messud e Joyce Carol Oates, que fizessem uma lista, hierarquizada e ordenada daqueles que consideram as dez melhores obras de ficção da história: novelas, coleções de contos, obras de teatro ou poemas.

     E ainda que a lista final tenha suposto algum problema, sobretudo no momento de definir por que uma obra é "grandiosa", ao final foi possível elaborar as seguintes listas. A primeira com as melhores obras do século XX, outra com as do XIX, uma mais com os 10 melhores escritores de acordo com o número de obras eleitas e a última com os autores que fizeram mais pontos.

 

Melhores obras do Século XX:
 1.Lolita, Vladimir Nabokov
 2.O grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald
 3.Em busca do tempo perdido, Marcel Proust
 4.Ulisses, James Joyce
 5.Dublinenses, James Joyce
 6.Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez
 7.O som e a fúria, William Faulkner
 8.Rumo ao farol, Virginia Woolf
 9.Histórias completas, Flannery O’Connor
 10.Fogo Pálido, Vladimir Nabokov


Melhores obras do Século XIX:
 1.Anna Karenina, Leon Tolstói
 2.Madame Bovary, Gustave Flaubert
 3.Guerra e paz, Leon Tolstói
 4.As aventuras de Huckleberry Finn, Mark Twain
 5.Os Contos de Anton Tchekhov
 6.Middlemarch, George Eliot
 7.Moby Dick, Herman Melville
 8.Grandes esperanças, Charles Dickens
 9.Crime e castigo, Fiodor Dostoievski
 10.Emma, Jane Austen
 

Os dez autores com mais livros eleitos:
 1.William Shakespeare – 11
 2.William Faulkner – 6
 3.Henry James – 6
 4.Jane Austen – 5
 5.Charles Dickens – 5
 6.Fiodor Dostoievski – 5
 7.Ernest Hemingway – 5
 8.Franz Kafka – 5
 9.James Joyce, Thomas Mann, Vladimir Nabokov, Mark Twain, Virginia Woolf – Todos empatados com 4


Os dez autores com mais pontos conseguidos:
 1.Leon Tolstói – 327
 2.William Shakespeare – 293
 3.James Joyce – 194
 4.Vladimir Nabokov – 190
 5.Fiodor Dostoevski – 177
 6.William Faulkner – 173
 7.Charles Dickens – 168
 8.Anton Tchekhov – 165
 9.Gustave Flaubert – 163
 10.Jane Austen – 161

     Fonte: The Atlantic.

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Conhecida como 'A Nostradamus do Marketing', a nova-iorquina Faith Popcorn analisa neste livro o comportamento do consumidor e suas influências no mercado de consumo. Especialista em fazer previsões de marketing, Popcorn, através de pesquisas permanentes, consegue prever tendências de comportamento, produtos que podem virar sucesso, e como as empresas devem se comportar no mercado.   (continua)


  •    Seis escritorores consagrados que não enxergavam direito: 1)Homero
       O autor grego dos poemas épicos Ilíada e Odisseia é muito controverso. Nem mesmo o século de seu nascimento é muito preciso. O século 8 a.C. é conhecido como a “data de Homero”, a época em que supostamente os poemas...   (continua)


  •    Sapiens é um livro impactante. De fato, questiona nossas ideias preconcebidas a respeito do universo. Um relato eletrizante sobre a aventura de nossa extraordinária espécie – de primatas insignificantes a senhores do mundo. O que possibilitou ao Homo sapiens dominar as demais espécies?   (continua)


  •    O site espanhol Que Leer disponibilizou uma matéria associando os principais livros lançados entre 1911 e 1999 à suas respectivas datas de publicação. Como a internet faz estas matérias viajarem sem fronteiras, o Homo Literatus traz a lista de títulos já lançados no Brasil, em português e poucos ainda não...   (continua)


  •    "Raimund Gregorius é um homem culto, professor de línguas clássicas. Um dia se levanta durante uma aula e sai da sala. Assustado com a súbita consciência do tempo que se esvai, deixa para trás sua rotina bem organizada e pega o trem noturno para Lisboa. Na bagagem, leva um livro do português...   (continua)


  •    Os 100 melhores livros da literatura mundial, em todos os gêneros e de todos os tempos. As obras foram escolhidas a partir da importância para a humanidade e para a literatura mundial. Muitas, de semelhante valor literário e histórico, foram deixadas de lado neste momento mas serão contempladas...   (continua)


  •    Sabe-se muito pouco sobre a vida de Shakespeare, e ninguém pode dizer ao certo o que é verdade ou invenção no pouco que se sabe. Encontrei o livro numa livraria de língua inglesa em Munich. O título era irresistível: “Nabokov’s Shakespeare”. O William Shakespeare de Vladimir Nabokov!   (continua)


  •    O livro Todos os homens são mortais, de Simone de Beauvoir, conta a história de Fosca, rei de Carmona, personagem nascido no ano de 1279 (séc. XIII), que em uma situação de angustia - seu reino estava sendo ameaçado pelos genoveses - bebe o remédio da imortalidade, que, ao contrário do que...   (continua)


Copyright 2011-2021
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília