Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Mico da arte: o gato por lebre do burro

Enviado por Gilberto Godoy
mico-da-arte--o-gato-por-lebre-do-burro

     Que me perdoem os críticos  de arte, cinema, literatura... mas seu papel sempre me pareceu um pouco cruel, ajuízam e julgam o trabalho de outros podendo afundar na miséria. Entendidos que são, não é incomum que se equivoquem ao fazer alguma resenha crítica a respeito de um trabalho, Pois foi isso que aconteceu com o quadro "Coucher de soleil sul l'Adriatique".

     Corria o ano de 1910 e a exposição O Salão dos Independentes, organizada anualmente em Paris pela Sociedade dos Artistas Independentes, exibia uma obra que chamou a atenção dos críticos e que todos elogiaram ao extremo. O nome do quadro era "Coucher de soleil sul l'Adriatique" (Por de sol no Adriático) supostamente pintado por um genovês, completamente desconhecido, chamado Joachim-Raphaël Boronali.

     No final da exposição, quando o quadro se tornara um grande sucesso de crítica e Boronali era aclamdo pelos críticos de arte, o escritor Roland Dorgelés apresentou-se na sede do jornal Le Matin para revelar a identidade de Boronali: era um burro chamado Lolo.

     Dorgelés e alguns amigos levaram o burro a uma casa abandonada onde amarraram pincéis no seu rabo e estimulavam o animal a balançá-lo de lá pra cá de forma a pincelar uma tela providencialmente colocada atrás do animal. Ademais Boronali é um anagrama de Aliboron, um dos nomes dados ao burro na Idade Média.

     Apesar da patacoada, a obra foi ainda vendida por 400 francos, uma pequena fortuna para a época, que foram doados a um orfanato e hoje faz parte da coleção permanente do espaço cultural Paul Bedu em Milly-la-Forêt. Muitos críticos permaneceram calados durante aquela temporada.

Fonte: Metamorfose Digital

 

  • Burro Lolo

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    O Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci é um desenho famoso que acompanhava as notas feitas pelo artista por volta do ano 1490 num dos seus diários. Descreve uma figura masculina nua separada e simultaneamente em duas posições sobrepostas...   (continua)


  •    Esse é, sem dúvida, o retrato mais famoso em todo o mundo. A pessoa pode até não saber quem é a retratada, mas é difícil encontrar quem nunca a tenha visto em jornal, revista, anúncio, TV ou cinema. Muito já se escreveu sobre ela: são inúmeras as teorias. A fonte mais fidedigna é Vasari que no já citado “Vidas” descreve a ...   (continua)


  •    O Cirque du Soleil ("Circo do Sol", em francês), companhia circense com base em Montreal, Quebec, Canadá, foi criada pela entusiasta das artes circenses, Madame Alice Canton. Foi fundado em Quebec em 1984 por dois ex-artistas de rua, Guy Laliberté e Daniel Gauthier, em resposta a um apelo feito pelo...   (continua)


  •    Uma das primeiras regras de museus, que abrigam grandes obras de arte é 'Você pode olhar, mas você não pode tocar". Mas e a comunidade de cegos e deficientes visuais que usam seu sentido do tato para experimentar o mundo? O projeto "Unseen Art" ("Arte Invisível"), uma iniciativa, criada pelo...   (continua)


  •     O Expressionismo foi um movimento artístico e cultural de vanguarda surgido na Alemanha no início do século XX, transversal aos campos artísticos da arquitetura, artes plásticas...  (continua)


  •    O centro político de Florença, na bela e majestosa Piazza della Signoria, ao lado do edifício onde batia o coração do poder na extraordinária Cidade-Estado, fica a estátua de Cosimo I de Medici, Duque de Florença, e primeiro Grão Duque da Toscana ( 1519/1574). Ele não era descendente direto do...   (continua)


  •    Banksy é o pseudônimo de um grafiteiro, pintor, ativista político e diretor de cinema inglês. Sua arte de rua satírica e subversiva combina humor negro e graffiti feito com uma distinta técnica de estêncil. Seus trabalhos de comentários sociais e políticos podem ser encontrados em...   (continua)


  •    O legado de Monet deixou-nos uma visão estética muito particular do mundo, do mundo como eles não só o viram, senão como quiseram ver. Uma imagem do mundo filtrada pela câmera do olho. Neste vídeo filmado em 1915 podemos ver como a câmera de vídeo...   (continua)


Copyright 2011-2021
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília