Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Existe vida fora da terra?

Enviado por Gilberto Godoy
existe-vida-fora-da-terra-

   Desde que foi possível à humanidade saber mais sobre a existência de outros planetas e galáxias, sempre quisemos responder a esta questão. Sabemos que há muitos planetas no Universo, mas poucos com propriedades similares às que temos na Terra. Tal é o caso da última descoberta do telescópio espacial Kepler, que topou com um corpo que é muito parecido a nosso planeta, só 10% maior e que também se encontra na "zona habitável" ao redor de sua estrela.

   Batizado pela NASA como Kepler-186f, o planeta está a 500 anos luz de distância e faz uma órbita completa na sua estrela em 130 dias em vez dos 365 dias que a Terra demora. Ademais, o Kepler-186f gira ao redor de uma anã vermelha e recebe um terço a menos de luz que nosso planeta, tornando o teoricamente capaz de manter água em estado líquido e portanto, vida.

   Para confirmar isso, falta explorar a composição da atmosfera que tem o corpo, o que ademais dará indícios de qual é sua temperatura e se esta se encontra dentro das mesmas faixas que a Terra, tarefa que ficará a cargo do telescópio James Webb Space Telescope que será lançado no espaço em 2018.

     Fonte: Engadget
 

Comentários

  • por: vinicius hipolito em domingo, 4 de maio de 2014
    O maior problema que vejo nas pessoas entenderem a grande possibilidade de vida extraterrestre, é que a grande maioria pensa em vida igual a nossa (não somente nossa como dos seres humanos, mas nossa da Terra). Mas na verdade a vida pode ser extremamente diferente e talvez nem precise de água líquida ou atmosfera. Outra questão é definição de vida... O que é vida? Seres que se replicam? Seres pensantes? Seres autônomos? Seres Inteligentes? Bem, a discussão vai bem mais longe do que somente achar um planeta parecido com a Terra. Mas já que estamos falando de planetas parecidos com a Terra, apesar de não conseguirmos analisar (ainda) todo nosso universo, é fato que se analisarmos a partir da estatística, a probabilidade de ter vários planetas bem parecidos com a Terra é muito grande. Isto porque quando pensamos que existem BILHÕES de galáxias no nosso universo e em cada galáxia existem BILHÕES de estrelas teremos um número de estrelas na casa do sextilhão (10 elevado a 21 ou 1.000.000.000.000.000.000.000 estrelas. Sabendo-se ainda que ao redor de cada estrela temos diversos planetas, então o número é incrivelmente alto. Alguns cientistas chegaram ao número de 70 bilhões de planetas similares a terra em todo o universo. Voltando então à estatística, a probabilidade de algum tipo de vida no universo é muito acima dos 99%. Alguns cientistas inclusive afirmam que matematicamente, a chance é de 100% de haver algum tipo de vida extraterrestre. Abraços.

Também recomendo

  •      Stephen Hawking fala sobre questões do universo. Mistérios...


  •      Até agora as ecografias nos proporcionavam uma informação limitada sobre o sexo do feto, pois nas primeiras semanas de gravidez os órgãos sexuais do feto ainda não estão desenvolvidos. Isto pode mudar graças a um teste desenvolvido por uma equipe de cientistas da empresa espanhola MyGEN.   (continua)


  •      Buscar a possibilidade no impossível é apenas uma questão de tempo, de acordo com Dmitry Itskov e as pessoas envolvidas em seu projeto chamado Rússia 2045. Ainda que pareça uma coisa megalomaníaca, eles esperam recriar toda uma civilização nova com a ajuda da transferência de personalidades dos seres humanos depois que seus corpos morrem para avatares androides.  (continua)


  •    Editora do "British Medical Journal" sugere maior transparência nos estudos científicos. Fiona Godlee é, desde 2005, editora-chefe do British Medical Journal (BMJ), uma das mais antigas e respeitadas publicações científicas do mundo, fundada em 1840.   (continua)


  •    Ciência realmente exige criatividade e pesquisadores dispostos a quase tudo! O professor Thomas Parnell iniciou em 1927 um experimento científico que ainda está em curso quase 90 anos depois, 'a experiência da gota de piche'. Seu objetivo era demonstrar que o piche, ainda que nos pareça um sólido, é em realidade um líquido extremamente viscoso.  (continua)


  •    Uma amostra de DNA encontrada em Sima de los Huesos, uma sítio geológico localizado na serra de Atapuerca, no norte de Espanha, foi analisada por pesquisadores que determinaram que se trata do material genético mais antigo desta classe ao que tivemos acesso, pois data de 430.000 anos.   (continua)


  •    Algumas descobertas científicas da humanidade são feitas sem que o descobridor tenha tido a ideia ou objetivo inicial de fazê-las. Em post completo veja 10 exemplos interessantes.


  •    Conversando com dois amigos físicos e Professores 'Pardais', descobri que há mais estrelas no Universo do que grãos de areia em todos os desertos e praias do mundo. Dificil de acreditar, mas o cálculo foi feito por astrônomos da Escola de Astronomia e Astrofísica da Austrália, em um estudo divulgado pela BBC.   (continua)


  •    Você tem medo de viajar de avião? Esta notícia pode ser positiva mas você deverá esperar algum tempo. O engenheiro ucraniano Tatarenko Vladimir apresentou o projeto de um avião que se separa em duas partes em caso de acidentes. De acordo com o inventor, o projeto poderia salvar centenas de vidas.   (continua)


  •    "Olá, meu nome é Stephen Hawking. Sou físico, cosmologista e às vezes sou um sonhador. Ainda que não consiga me mover e tenha que falar mediante um computador, dentro de minha mente sou livre..." Com esta frase começa o fantástico documentário onde Stephen Hawking nos revela...   (continua)


  •    Fim do ano é uma época em que muito amor, caridade, e sentimentos bons são evocados – especialmente nas famílias mais religiosas, que gostam de lembrar o motivo pelo qual nós celebramos o Natal, o nascimento de Jesus. É uma época em que temos que ser agradecidos pelo que temos.   (continua)


  •    O fim da existência é inerente à natureza, pois tudo o que existe tem um começo e um fim. É exatamente por isso que “profetas” ao longo da História têm se aproveitado dessa lógica para datar (o último estava programado para ontem) o dia do Apocalipse. Mas a Ciência só pode dar...   (continua)


Copyright 2011-2020
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília