Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

O orgasmo e os estímulos

Enviado por Gilberto Godoy

   Em 2004 uma equipe de médicos de Taiwan informou sobre o caso de uma mulher de 41 anos que atingia o orgasmo a cada vez que escovava os dentes. Nenhuma outra atividade ou variante, como escovar sem pasta ou tocar os dentes com a mão, disparava o efeito. Os médicos descobriram que a causa estava em uma pequena lesão no hipocampo que disparava o orgasmo associado a um ataque de epilepsia com aquele estímulo tão concreto.

   Este não é o único caso em que o orgasmo (que é um reflexo) é desatado por um simples estímulo em uma zona muito concreta do sistema nervoso. A jornalista científica Mary Roach explica nesta palestra TED outros casos, como os de pacientes com lesão medular que têm uma reação similar quando lhes tocam zonas muito concretas do corpo.

   A palestra dura algo mais de 15 minutos, mas é um percurso divertidíssimo pela história do orgasmo e algumas crenças errôneas sobre a sexualidade que chegam a ser cômicas. Post especial para os alunos do grupo de estudos sobre 'Terapia Sexual na abordagem comportamenal' da Clínica Brasília de Psicologia.

   www.cbrasilia.com.br 

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Podemos falar de poder de uma visão individualista, que é o poder visto nas relações individuais, e de uma visão holista, ou seja, o poder visto na totalidade, na relação entre a comunidade e os indivíduos, entre o todo e a parte.   (continua)


  •    Embora o que se denomina de Psicologia Positiva possa ser bem compreendido por um bom analista do comportamento como dar ênfase ao reforçamento positivo em detrimento da punição, ela não deixa de ser, descritivamente interessante. Neste vídeo gravado no Kripalu Center, um anexo de Harvard, Sofia Bauer, Psiquiatra...   (continua)


  •    Foi só um erro honesto, diz ele, e tira duas conclusões: deveríamos ser epistemologicamente humildes e reconhecer que não conhecemos tudo sobre o mundo, e, além disso, boa parte do que sabemos está errada.   (continua)


  •    A terapia de casal objetiva favorecer mudanças e o desenvolvimento de comportamentos que produzam um melhor relacionamento interpessoal entre duas pessoas, independente do sexo. Para isto, o psicólogo que atende casais ajuda a entender a história de vida dos dois e a história do relacionamento para que possa atuar efetivamente no sentido de melhorar a relação cujo fundamento básico é a comunicação e as trocas humanas.   (continua)


  •    Esta lista de livros e artigos é uma sugestão organizada a partir da experiência de 20 anos como professor no ensino superior nos cursos de Psicologia, Administração, Pedagogia, Nutrição, Jornalismo, Direito supervisão clínica e outros. Constam livros categorizados por...   (Confira)


  •    Quanto valemos? Quanto valem nossos comportamentos? "Um dia um jovem rapaz desanimado com a vida e com as pessoas, procurou um filósofo para ajudá-lo e disse: - Venho aqui professor porque me sinto inútil, não tenho ânimo. Dizem que...   (continua)
     


  •    Entre as preciosidades encontradas na biblioteca da Sociedade Sigmund Freud está essa entrevista. Foi concedida ao jornalista americano George Sylvester Viereck, em 1926. Deve ter sido publicada na imprensa americana da época.   (continua)


  •      Marcus Bentes de Carvalho Neto, Universidade Federal do Pará

       Há diversas práticas culturais envolvidas no que se convencionou chamar de “Psicologia Comportamental” ou simplesmente de “Behaviorismo”. O presente trabalho desenvolve o argumento de Tourinho (1999), em favor de uma classificação onde a Análise do Comportamento seria a área mais... (continua)


  •     Nilza Micheletto e Tereza M.A. Pires Sério, Pontifícia Universidade Católica de SP.
       Uma antiga e bastante difundida crítica ao behaviorismo radical de Skinner refere-se à concepção de homem que estaria implícita nesta perspectiva. Parece ser primordialmente com esta crítica que Skinner se preocupa em About Behaviorism (1974/1976) e as diversas...    (continua)


  •    É muito frequente o questionamento sobre autoconhecimento. O que é, como se faz para aumentar o nosso potencial de nos conhecermos melhor, entre outras coisas. O texto a seguir, de Débora Dias, ajuda bastante a compreensão do tema.   (Continua)


  •    “Todo comportamento, acredito, é modelado por contingências. Atendemos a conselhos e seguimos regras por causa das conseqüências reforçadoras que se seguiram quando assim agimos no passado. Mas o comportamento indicado pelo conselho ou pelas regras tem outras conseqüências.   (continua)


  •    Existem muitas coisas erradas com o mundo hoje, mas elas não perturbam a todos. Superpopulação, esgotamento e poluição do meio ambiente, e até mesmo a possibilidade de uma guerra nuclear são freqüentemente desconsiderados como se forem assuntos para um futuro razoavelmente distante. Pobreza, doença e violência são problemas atuais, mas não para todos.   (continua)


Copyright 2011-2018
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília