Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

O orgasmo e os estímulos

Enviado por Gilberto Godoy

   Em 2004 uma equipe de médicos de Taiwan informou sobre o caso de uma mulher de 41 anos que atingia o orgasmo a cada vez que escovava os dentes. Nenhuma outra atividade ou variante, como escovar sem pasta ou tocar os dentes com a mão, disparava o efeito. Os médicos descobriram que a causa estava em uma pequena lesão no hipocampo que disparava o orgasmo associado a um ataque de epilepsia com aquele estímulo tão concreto.

   Este não é o único caso em que o orgasmo (que é um reflexo) é desatado por um simples estímulo em uma zona muito concreta do sistema nervoso. A jornalista científica Mary Roach explica nesta palestra TED outros casos, como os de pacientes com lesão medular que têm uma reação similar quando lhes tocam zonas muito concretas do corpo.

   A palestra dura algo mais de 15 minutos, mas é um percurso divertidíssimo pela história do orgasmo e algumas crenças errôneas sobre a sexualidade que chegam a ser cômicas. Post especial para os alunos do grupo de estudos sobre 'Terapia Sexual na abordagem comportamenal' da Clínica Brasília de Psicologia.

   www.cbrasilia.com.br 

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Em contraposição aos estudos desenvolvidos segundo pressupostos mentalistas – que atribuem as causas da depressão a processos mentais inferidos, baseados em classificações de sintomas – os estudos realizados sob o prisma da Análise do Comportamento consideram...   (continua)


  •    Carol Dweck, psicóloga de Stanford, dedicou anos a demonstrar que um dos elementos fundamentais da educação satisfatória é a capacidade de aprender com os erros. No entanto, costumamos a ensinar bem o contrário. Se uma criança cometer erros, é porque...   (continua)


  •      O modelo do desamparo aprendido foi proposto por Seligman em 1975. Alunos do curso de psicologia devem dar atenção especial a este experimento pois sua relação com a vida cotidiana pode ser bem identificada. Uma coisa que às vezes poupa as pessoas de depressão ou impotência é um sentimento de controle sobre os seus imediatos ou a longo prazo circunstâncias.    (continua)


  •    O psicólogo americano Steven Hayes, em seu livro, "Saia de Sua Mente e Entre em Sua Vida", publicado em 2005 nos Estados Unidos, rompe com um método em voga na psicologia há trinta anos: a terapia cognitiva, que instrui pacientes a se livrar de seus pensamentos e sentimentos negativos. Hayes diz que...   (continua)


  •    "Uma cliente, após a morte de um amigo muito querido, disse numa sessão: tenho sonhado demais com M. eu que não costumava sonhar... O que está acontecendo comigo? Respondi que ela tem pensado muito no M, tem sentido muito sua falta, tem falado muito sobre ele, tem lido suas cartas...   (continua)


  • "- Quantas bromélias juntas! Formam um canteiro natural sobre a rocha.
    - Olhe essa teia de aranha entre as folhas...
    - Nem a tinha notado... Interessante: olhei e não a vi...faltou alguma contingência para me fazer vê-la.
    - Minha frase criou a contingência. Agora você a vê.   (continua)


  •    Podemos falar de poder de uma visão individualista, que é o poder visto nas relações individuais, e de uma visão holista, ou seja, o poder visto na totalidade, na relação entre a comunidade e os indivíduos, entre o todo e a parte.   (continua)


  •    Embora o que se denomina de Psicologia Positiva possa ser bem compreendido por um bom analista do comportamento como dar ênfase ao reforçamento positivo em detrimento da punição, ela não deixa de ser, descritivamente interessante. Neste vídeo gravado no Kripalu Center, um anexo de Harvard, Sofia Bauer, Psiquiatra...   (continua)


  •    Foi só um erro honesto, diz ele, e tira duas conclusões: deveríamos ser epistemologicamente humildes e reconhecer que não conhecemos tudo sobre o mundo, e, além disso, boa parte do que sabemos está errada.   (continua)


  •    A terapia de casal objetiva favorecer mudanças e o desenvolvimento de comportamentos que produzam um melhor relacionamento interpessoal entre duas pessoas, independente do sexo. Para isto, o psicólogo que atende casais ajuda a entender a história de vida dos dois e a história do relacionamento para que possa atuar efetivamente no sentido de melhorar a relação cujo fundamento básico é a comunicação e as trocas humanas.   (continua)


  •    Esta lista de livros e artigos é uma sugestão organizada a partir da experiência de 20 anos como professor no ensino superior nos cursos de Psicologia, Administração, Pedagogia, Nutrição, Jornalismo, Direito supervisão clínica e outros. Constam livros categorizados por...   (Confira)


  •    Quanto valemos? Quanto valem nossos comportamentos? "Um dia um jovem rapaz desanimado com a vida e com as pessoas, procurou um filósofo para ajudá-lo e disse: - Venho aqui professor porque me sinto inútil, não tenho ânimo. Dizem que...   (continua)
     


Copyright 2011-2018
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília