Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Os mandamentos de amor na internet

Enviado por Gilberto Godoy
os-mandamentos-de-amor-na-internet

   A internet mudou a vida para melhor. É comum conhecer alguém pelas redes sociais. Pela web, dá para fazer perguntas essenciais e chegar ao primeiro encontro sabendo até quantos implantes alguém tem na boca – algo que facilita a intimidade. Mas, se há uma relação estável, a internet virou um perigo que exige seguir novos mandamentos...

   1. Jamais vasculharás os e-mails do próximo – É um princípio fundamental. Há quem prefira os e-mails para seduzir, namorar e trair. Acham que estão mais seguros. Soube de um marido que bisbilhotou os e-mails da mulher, com quem estava casado havia 20 anos. Ela “conversava” diariamente com um mecânico. Roído de angústia, passou dias observando o sujeito cheio de graxa e acabou levando o carro para “consertar”, só para conhecer o rival. Era um musculoso. Ele, flácido e barrigudinho, se corroeu de ciúmes. Chamou os filhos, a mulher. Todos discutiram, ela chorou. Nunca encontrara o mecânico pessoalmente. Rompeu com ele via e-mail. Tudo terminou em perdão e uns dias num resort de Santa Catarina. O alívio durou pouco. Ele descobriu que ela agora fala com um boliviano, morador de Mato Grosso do Sul. Trocam confidências e papos românticos. Ela gosta de namorar pela internet, essa é a questão. O marido quer “esquecer”o assunto, mas tem acessos de ciúmes cada vez que ela abre o laptop. Intimamente a chama de “tarada”. Quanto tempo durará esse casamento? A pessoa que se revela no e-mail pode ser muito diferente da que pensamos que ela é.

   2. Fugirás da tentação de olhar o facebook – É pior que verificar e-mails. No Face, no WhatsApp ou nas redes sociais parecidas, as pessoas são mais descaradas que em e-mails. Dão cantadas até em desconhecidos. Sei de um casal gay, em que um viu no Face que o outro esquecera aberto, recheado de traições. Só que este também andava arrepiado com o que via no Face do parceiro, pois descobrira sua senha. Era infidelidade para todo lado! As mentiras acabaram. A relação também. Agora voltaram. Juram que a relação será aberta, não monogâmica. Prometem jamais olhar o Face alheio. Até quando?

   3. Não sonharás com aplicativos românticos – Muita gente se conhece por aplicativos, que estabelecem relações rápidas. Algumas rapidíssimas. É impressionante o número de mulheres casadas que entram em aplicativos para conhecer alguém e lustrar a cabeça dos maridos. Pela foto, você já sabe: se o silicone estiver em primeiro plano, ela não pensa em amor eterno. Se o sujeito mostra os músculos do peito e a sunga, também. Se algum expõe o traseiro, he-he, menos ainda! Fiz uma pesquisa, passei a semana entrando em todo tipo de aplicativo. Aprendi depressa: se alguém fala que só quer amizade, desista. Não rolou. Se marca encontro de cara, pode comparecer sem cuecas, que a pressa é grande. Quem entra em aplicativo quer sexo. Em todo caso, se você for um Romeu ou uma Julieta com esperança em sentimentos, tente. Pode dar sorte. A loiruda de peitos à mostra pode se transformar no amor de sua vida.

   4. Fugirás dos celulares – Uma das mais terríveis invenções para quem quer pular a cerca é a foto por celular. Ou vídeo. Você anuncia uma viagem para uma convenção da empresa. Sua mulher recebe sua foto em Búzios com uma gostosona seminua. Presente de alguma alma bondosa que, por coincidência, estava lá e você nem viu. A vida íntima não existe mais. Mesmo no hotel, aquela que você pensa ser seu novo grande amor pode filmar tudo, até sua performance. Depois exigir uma grana rápida – que você dará, se não tiver um AVC com o susto. Antes de transar, verifique se há um celular por perto. No caso de dúvida, jogue o dela (ou dele) no vaso sanitário. Lembre: em público, há sempre algum amigo fofoqueiro da vizinha da prima da avó de alguém por perto, disposto a detoná-lo.

   5. Respeitarás o instagram – Sua história fica gravada em imagens no Instagram. Você garante que fulana foi só uma amiga distante. Sua nova mulher entra no seu histórico, vê as fotos – e começa o rolo. Você diz que é uma moça tímida, e ele descobre aquela foto de fio dental com o traseiro em primeiro plano. Não há fachada que resista ao Instagram! A foto de hoje pode ser seu arrependimento futuro. Melhor eternizar momentos lindos com crianças, cãezinhos, gatinhos!

   Tenha em mente: isso é só o começo. Cada dia surge um novo aplicativo, um novo programa. Use esses mandamentos como base para calcular os próximos riscos. É melhor se cuidar!

     Fonte: revista Época

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •   Em maio de 1955, a revista Housekeeping Monthly publicou um artigo chamado “o guia da boa esposa”, que ditava o que a mulher deveria fazer para ser boa com seu marido e filhos. É difícil de acreditar mas é interessante olhar para o passado e ver como nossa cultura continua a mudar.
    1. Tenha o jantar sempre pronto. Planeje com antecedência. Esta é uma maneira de deixá-lo saber que se importa com ele e com sua necessidades; 2. A maioria dos homens estão com fome quando chegam em casa, e esperam por...   (continua)


  •    Se você acha que é mais fácil negar um pedido de amizade online do que evitar uma pessoa cara-a-cara, você não está sendo tão “misericordiosa” assim: esse tipo de exclusão dói tanto quanto o outro. Segundo um novo estudo, pessoas que são excluídas por outras online, como nas...   (continua)


  •    A fim de reduzir o número de divórcios, garantir a manutenção dos filhos e agilizar os trâmites administrativos em caso de uma ruptura a assembléia legislativa do Distrito Federal, no México discutirá a proposta de casamentos renováveis.   (continua)


  •    Raymundo de Lima
       Há um grave e silencioso problema social entre homens e mulheres em nosso tempo: o temor de passarem dos 30 anos e ficarem solteiros. Hoje, de Nova York a Cingapura, passando por Maringá, não conseguir encontrar a alma gêmea...   (continua)


  •    O amor é química, emoção, sentimento e, sobretudo, metafísica. Ao menos esta última deduzimos da história vital de um casal californiano, que se casou há 62 anos e cumpriu sua promessa de viver juntos até que a morte os separasse.   (continua)


  •    Ninguém duvida que o casamento representa uma boa mudança nas contingências de vida de um casal. Hábitos, comportamentos encadeados mudam significativamente. As mudanças que devem enfrentar e o processo de adaptação que exige compartilhar sua vida...   (continua)


  •    A promessa "até que a morte nos separe" é cada vez menos cumprida pelos casais. A possibilidade de se divorciar com mais facilidade e ter a esperança de iniciar uma nova vida com outra pessoa faz com que muitos relacionamentos acabem. De acordo com o IBGE...   (continua)


  •    "Todos temos manias, uns gostam de cavalos, outros de cães, outros querem ouro e alguns outros honrarias. Quanto à mim, nenhuma dessas coisas me atrai, mas tenho paixão por amigos." Sócrates


Copyright 2011-2017
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: iDev Web