Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 
Filtro:
comunicacao [x]
  •    O e-mail é uma tecnologia datada do início da década de 1960, cheio de limitações, de concorrentes, de problemas e de insuficiências. Mesmo assim ele permanece sendo uma ferramenta essencial de comunicação da nossa geração – podendo ser um pilar da eficiência ou um...   (continua)
     

  •      Se um dia morrer, desaparecer ou simplesmente cansar de usar sua conta do Google, terá a opção de apagar seus dados para sempre. O Google lançou um administrador de contas inativas que permite apagar por completo sua conta, bem como os dados que compartilhou publicamente em diversos serviços como Google+, YouTube, Blogger ou Picasa.   (continua)

  •      Este texto anônimo, que circulou anos atrás, representa parte dos problemas de comunicação dentro das empresas, tipo "telefone sem fio". Tem muita relação com a vida em diversas contingências. Boa reflexão.     (continua)

  •    Não saberia discutir o caso Rafael Bastos, pela mera razão de que nunca vi o humorista. Mas o debate sobre afirmações agressivas e até desrespeitosas - refiram-se a mulheres feias, refiram-se a homossexuais -, indo do deputado Bolsonaro aos humoristas, é...   (continua)

  •    O Orkut está em velório e já tem a data do seu sepultamento. Corre lá para salvar assunto e fotos do seu interesse pois vai sucumbir. Aquela que até 2011 era a rede social mais popular no Brasil, o Orkut, sairá do ar até setembro, de acordo com um comunicado publicado pelo Google, empresa proprietária do serviço. O processo de fechamento da rede começa nesta segunda-feira, quando novos perfis já não poderão mais ser criados. Os usuários antigos terão o prazo até setembro de 2016 para exportar dados, como fotos, scraps e depoimentos...   (continua)

  •    “Parte disso é apenas para descobrir o que as pequenas empresas querem em um produto de Internet, e trabalhar com elas para construir uma grande oferta para pequenas empresas ao longo dos próximos meses”, afirmou Wandres. “Tem havido muito interesse até agora”. O programa Fiber está disponível para qualquer empresa de pequeno porte em Kansas City. As empresas interessadas devem preencher um questionário até o dia 25 de abril.   (continua)

  •      Nesta terça-feira, 10/12, será celebrado mais um aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, aprovada em 1948, pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Por assinalar a fase de internacionalização dos direitos humanos e interferir na elaboração de dezenas de tratados e convenções, a Declaração é um marco na história da luta pela efetivação dos direitos humanos em todo o mundo.   (continua)

  •      A partir dos dados de pesquisas empíricas realizadas nos EUA e Noruega sobre usuários do Facebook e redes sociais um grupo de universitários em trabalho final para a disciplina Estudos da Semiótica do curso de Comunicação Social da Universidade Anhembi Morumbi (UAM/São Paulo) chegou à seguinte conclusão: as redes sociais devem ser pensadas a partir de conceitos de vício e fetichismo. A informações levantadas por essas pesquisas mudariam o foco da discussão sobre os gadgets tecnológicos: a questão não é a tradicional oposição entre os mundos real/virtual, mas a relação fetichista e de viciosidade com os gadgets tecnológicos que se inicia na própria sociedade de consumo, além da diluição das fronteiras entre a vida pública e a privada.   (continua)

  •       Daniel Miyagi Da Folha.com
         Com quase um bilhão de usuários, o Facebook parece inquebrável. Seus números são tão grandes que chegam a se confundir com os da própria Internet. Entrelaçado a praticamente tudo que é social no mundo eletrônico, ele se tornou uma plataforma de interação ampla, usada para fins tão variados quanto publicar fotos, trocar ideias, ler textos ou jogar games cada vez mais complexos.   (continua)

  •      Em 23 de abril de 2005, o primeiro vídeo era publicado no YouTube. A publicação foi colocada no ar por um dos primeiros funcionários da empresa, Yakov Lapistky, e mostrava a gravação do cofundador do site, Jawed Karim, em um zoológico. O pequeno vídeo de 19 segundos estreou o fenômeno que é o site. Desde que o “Me at the zoo” (Eu no zoológico, em tradução livre) entrou no ar, o YouTube já teve mais de 1 trilhão de visitas. Por dia, mais de 4 bilhões de vídeos são assistidos no site.   (continua)

  •        O Google conseguiu estender o território do capitalismo para a própria língua, fazer das palavras uma mercadoria e fundar um modelo comercial inacreditavelmente lucrativo. Quando propõe correções a uma palavra que escrevemos errado ele transforma um material sem grande valor em um recurso econômico rentável. Não é incrível?

           Por Frédéric Kaplan - Do Le Monde Diplomatique
         A história do Google se baseia em dois algoritmos: um, que permite encontrar páginas que respondam a certas palavras, tornou-o popular; o outro, que atribui a essas palavras um valor de mercado, tornou-o rico.   (continua)

  •      Por Carlos Souza - Blog do Noblat
         Depois ver um artista como o Chico Buarque ser tratado de forma desrespeitosa, com criticas mal intencionadas e principalmente burras, encontrei uma critica feita por alguem que ouviu o disco e principalmente escreveu algo inteligente e coerente, como a obra do artista. Obviamente nao foi escrito por ninguem da velha midia. Essa critica esta no blog da Joana Gouvea (ainda por cima de Juiz de Fora).

         (Ver Post Completo)

Copyright 2011-2018
Todos os direitos reservados

Até o momento,  16700892 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília