Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns minutos...

 

Belchior, o gênio enigmático

Enviado por Gilberto Godoy

   Belchior foi um dos ícones mais enigmáticos da música popular no Brasil, com mais de 40 anos de carreira. Ele não tinha paradeiro certo desde 2008 quando abandonou quase tudo e todos. Mais um gênio que se vai... Teve o primeiro sucesso nos anos 70 ao lado do também cearense Fagner, com a faixa "Mucuripe". Com o disco "Alucinação" (1976), lançou clássicos como as faixas "Apenas um rapaz latino-americano", "Velha roupa colorida" e "Como nossos pais", que se tornou conhecida na voz da cantora Elis Regina. Em 2007, a família reclamou do sumiço de do artista, que abandonou a carreira; e nem mesmo seu produtor musical conseguia contato. Belchior morou em hotéis e, em um deles, chegou a deixar um carro no estacionamento ao desaparecer.

Comentários

Comente aqui este post!
Clique aqui!

 

Também recomendo

  •    Se a história do Dia das Bruxas tem o sentido de espantar os 'demônios', nada melhor do que esta cena da 'Família Adms' ao som de Ramones para faze-lo. A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditava que...   (continua)


  •      "Para ensinarmos um aluno a inventar precisamos mostrar-lhe que ele já possui a capacidade de descobrir" Gaston Bachelard.

         O professor, como os artistas, provoca o amor pelo conhecimento, um amor que já existia em nós, mas estava adormecido. O professor, como os profetas, desencadeia um processo de descoberta pessoal que, por sua vez, ativa nosso poder criador.   (continua)


  •    No especial “Do que a gente vai brincar hoje?”, a Revista Crescer mostra brincadeiras para você se divertir ao lado de crianças de 0 a 8 anos, dentro ou fora de casa. Escolha a brincadeira ideal para fazer com seu filho, afilhado, sobrinho... indicada conforme a idade e também o objetivo. Confira em 'ver mais'



  •    O dia que mudou o rumo da história. Vale a pena ver o vídeo.
     


  •    A Independência do Brasil aconteceu em 1822. E não foi uma separação total, como aconteceu em outros países da América que, ao ficarem independentes, tornaram-se repúblicas governadas por pessoas nascidas no país libertado. O Brasil independente continuou...   (continua)


  •    Tenho muito orgulho e satisfação de ser Psicólogo. Entendo como um privilégio ter podido estudar, me dedicar e aprender sobre o comportamento humano e animal. Hoje, a despeito das inúmeras limitações que nós temos pela frente, me sinto capaz de ver a vida com olhos mais realistas e serenos, o que faz um tremendo bem a alma.   (continua)


  •    Ser psicólogo é uma grande responsabilidade! A palavra, o olhar, as expressões, as emoções, as contingências sociais e até mesmo o silêncio... lapidar o melhor que temos para fortalecer, compreender, mudar, aliviar...   (continua)


  •    Há onze anos começamos a postar neste espaço. Foram cerca de 8000 posts e mais de 300 milhões de visitas. Neste tempo tratamos de atualidades, artes, psicologia, humor, família, música, filmes, livros, curiosidades, natureza, política, Brasília, arquitetura, cidades, saúde, ciência, fotografia, boas memórias, viagens, cultura, do amor e da própria vida, e muitas outras coisas...   (continua)


  •      Ao Dia do Amigo!

    “Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
    Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
    Amigo a gente sente!
    (continua)


  •      O rock, como movimento social, sempre foi uma forma de expressar o nosso inconformismo com uma sociedade desigual. Foi em Cleveland, em 1951, que o disc jockey Alan Freed popularizou a expressão "rock and roll".   (continua)


  • "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio.
    Sossegadamente fitemos o seu curso e aprendamos
    Que a vida passa, e não estamos de mãos enlaçadas...
    (continua)


  • "Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
    Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho
    deles. A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor,
    eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos...
    (continua)


Copyright 2011-2021
Todos os direitos reservados

Até o momento,  1 visitas.
Desenvolvimento: Criação de Sites em Brasília